23.8 C
São Paulo
quarta-feira, 29 junho, 2022
Mais

    Subprefeitura da Zona Sul terá o 3º maior orçamento de São Paulo em 2021

    Mais lidas

    Com R$ 43.234.064,00, a Subprefeitura do Campo Limpo, que também é responsável pelos distritos do Capão Redondo e Vila Andrade, também foi o distrito mais participativo da capital paulista no envio de propostas de melhorias para a região durante o processo de definição da Lei Orçamentária Anual para 2021


    Enquanto a Subprefeitura de Parelheiros, no extremo da Zona Sul, vai ter o menor orçamento para investimentos em 2021, na outra ponta da Zona Sul, outra Subprefeitura tem o maior orçamento da região e o terceiro maior entre todas as 32 subprefeituras da capital paulista.

    A Subprefeitura do Campo Limpo, que também é responsável pelos distritos do Capão Redondo e Vila Andrade, terá R$ 43.234.064,00 para investir no próximo ano, de acordo com o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) 2021.

    Cerca de R$ 12,3 milhões serão destinados para requalificação e promoção da ocupação dos espaços públicos. Deste total, R$ 7,1 milhões são para a manutenção de vias e áreas públicas. Outros R$ 3,1 milhões estão reservados para operação tapa-buraco. E R$ 7,9 milhões são para o setor de saneamento básico.

    No geral, os orçamentos das Subprefeituras da Zona Sul variam entre R$ 25 milhões e R$ 43 milhões. A estimativa da receita para o ano que vem, na cidade de São Paulo, é de R$ 67,5 bilhões, cerca de 2,1% menor do que em 2020, quando a cidade teve R$ 68,9 bilhões para investimentos. De acordo com o prefeito Bruno Covas, essa redução aconteceu por causa das despesas geradas pela Covid-19.

    “O orçamento para o ano que vem é menor do que a proposta orçamentária deste ano por conta da crise econômica que nós temos advinda da crise sanitária do coronavírus: R$ 2 bilhões a menos no orçamento da cidade de São Paulo”, disse o prefeito.

    Confira o orçamento de cada Subprefeitura da Zona Sul:

    • Parelheiros: R$ 25.083.025,00
    • Jabaquara: R$ 27.079.098,00
    • M’Boi Mirim: R$ 30.708.694,00
    • Cidade Ademar: R$ 31.576.141,00
    • Capela do Socorro: R$ 33.323.190,00
    • Santo Amaro: R$ 33.833.000,00
    • Vila Mariana: R$ 34.482.000,00
    • Pinheiros: R$ 34.454.000,00
    • Campo Limpo: R$ 43.234.064,00

    Além de ter o maior orçamento, Campo Limpo também foi a Subprefeitura mais participativa da cidade de São Paulo no envio de propostas de melhorias para a região durante o processo de definição da Lei Orçamentária Anual para 2021. Cerca de 17,6% das 3.519 propostas enviadas para a Prefeitura foram de moradores do Campo Limpo.

    No geral, os temas que receberam mais propostas foram: meio ambiente (12,9%), saúde (9,9%), transportes e mobilidade (8,7%), zeladoria urbana (7,8%) e educação (7,3%). Na Subprefeitura Campo Limpo, os temas mais destacados foram: meio ambiente, transportes, zeladoria, segurança e saneamento.

    Depois, na eleição das propostas enviadas, 5.487 votos vieram da Subprefeitura Campo Limpo, que votou em cinco pautas principais para serem contempladas na Lei:

    • criação de hortas comunitárias
    • criação de parque na Vila Andrade
    • instalação de UBS no bairro Jardim Sul
    • obras de saneamento e urbanização de ruas
    • moradias populares para as comunidades Olaria e Morro da Lua

    Na próxima terça-feira (15), às 19h, a Prefeitura realiza audiência pública para apresentar o balanço final das propostas que foram eleitas pela população. A audiência vai acontecer pela internet para evitar aglomerações em meio a pandemia do novo coronavírus.

    Para participar, acesse: https://edemocracia.prefeitura.sp.gov.br/


    SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

    Leia mais

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    - Patrocinado -

    Últimas