Vereadores aprovam e capital paulista antecipa feriados para aumentar isolamento social

0
374

Os feriados de Corpus Christi (11 de junho) e Consciência Negra (20 de novembro) foram antecipados para os dias 20 e 21 de maio, com ponto facultativo no dia 22. O Governo do Estado espera a aprovação dos deputados da Assembleia Legislativa para antecipar o feriado da Revolução Constitucionalista (9 de julho) para o dia 25 de maio, dando seis dias de isolamento para os paulistanos


Nesta terça-feira (19) o Estado de São Paulo ultrapassou a marca de cinco mil mortes por coronavírus, registrando, no total, 5.147 vítimas fatais da doença. Como os especialistas aconselham, desde o início da pandemia, a única solução viável para proteger a população é o isolamento social.

Então, para estimular que as pessoas fiquem em casa, a Câmara dos Vereadores aprovou um projeto da Prefeitura de São Paulo que antecipa dois feriados na cidade, fazendo com que as pessoas que ainda saem de casa para trabalhar, fiquem, pelo menos, cinco dias consecutivos em casa. “A antecipação é uma das últimas cartadas para manter em pelo menos 56% de restrição que tivemos no último domingo (17)”, disse o prefeito Bruno Covas.

Assim, serão antecipados os feriados de Corpus Christi (11 de junho) e Consciência Negra (20 de novembro) para os dias 20 e 21 de maio, com ponto facultativo no dia 22. O Governo do Estado espera a aprovação dos deputados da Assembleia Legislativa para antecipar o feriado da Revolução Constitucionalista (9 de julho) para o dia 25 de maio, dando seis dias de isolamento para os paulistanos.

Segundo a Prefeitura de São Paulo, “o ponto facultativo estabelecido por decreto não se aplica às unidades de saúde, segurança urbana, assistência social e do serviço funerário”.

A ideia de antecipar essas datas foi proposta porque, em feriados e finais de semana, o índice de isolamento fica acima dos 50%, ao contrário dos dias úteis. No último sábado (16), a capital marcou 52% de isolamento e o Estado, 50%; já no domingo (17), a taxa de isolamento na capital ficou em 56% e no Estado, 54%. “Ficou muito claro que, ao longo dos finais de semana e feriados nos últimos 56 dias, nós temos índices mais elevados de isolamento e isso contribui para o controle da pandemia. A expectativa é que o projeto possa ser analisado em regime de urgência e possa ter aprovação majoritária dos deputados”, disse o governador João Doria.

Apesar do feriadão, os bancos vão continuar abertos para atendimento da população que precisa receber o auxílio emergencial. “Qualquer atividade que está liberada, decretada como essencial, pode funcionar, desde que pague seu funcionário por isso. É como funcionar em um sábado, domingo ou em qualquer outro feriado. Não é lockdown, é feriado municipal. São questões jurídicas completamente diferentes”, comentou o prefeito.

As aulas na rede municipal, que acontecem via internet, estão suspensas na quarta (20), quinta (21) e sexta-feira (22), porém, se o Governo decretar feriado na segunda-feira (25), as aulas só retornam na terça-feira (26). Os alunos da rede estadual seguem normalmente com as aulas através do Centro de Mídias SP, entre esta quarta-feira (20) e sexta-feira (22).

As 13 unidades do Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo (Cate) da Prefeitura, que foram reabertas para auxiliar a população com o seguro desemprego e o auxílio emergencial, estarão fechadas nos dias 20, 21 e 22 de maio.

E o rodízio de veículos, que voltou a sua rotina tradicional desde a última segunda-feira (18), está suspenso entre a quarta-feira (20) e o domingo (25).

Já os postos de arrecadação de doações do programa Cidade Solidária continuam abertos, das 10h às 17h, para receber alimentos e itens de higiene e limpeza, que serão encaminhados para instituições e comunidades carentes. Confira os endereços:

  • Biblioteca Mário de Andrade | Rua da Consolação, 94 – República
  • Centro Cultural São Paulo | Rua Vergueiro, 1.000 – Liberdade
  • Teatro Arthur Azevedo | Avenida Paes de Barros, 955 – Mooca
  • Centro Cultural da Diversidade | Rua Lopes Neto, 206 – Itaim Bibi
  • Tendal da Lapa | Rua Constança, 72 – Lapa
  • Casa de Cultura Vila Guilherme | Praça Oscar da Silva, 110 – Vila Guilherme (só não funciona às terças-feiras devido à interdição do trânsito para a realização da feira livre)
  • Casa de Cultura do Butantã | Avenida Junta Mizumoto, 13 – Jardim Peri Peri
  • Centro Cultural Santo Amaro | Avenida João Dias, 822 – Santo Amaro
  • Cruz Vermelha Brasileira São Paulo | Av. Moreira Guimarães, 699 – Indianópolis

FALE COM A REDAÇÃO: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.