Quadrilha que rouba relógios de luxo na Zona Sul é investigada pela Polícia

0
267

Entre setembro de 2019 e junho deste ano, já foram registrados seis casos de roubos de relógios, que custam mais de R$ 30 mil, na região do Morumbi e Itaim Bibi. Segundo a Polícia, a “Gangue do Rolex” extravia os itens para países como Uruguai, Argentina e África


Uma quadrilha conhecida como “gangue do Rolex” está sendo investigada pela Polícia Civil por roubar relógios de luxo em bairros nobres da Zona Sul da capital. Entre setembro de 2019 e junho deste ano, já foram registrados seis casos de roubos de relógios que custam mais de R$ 30 mil.

“A delegacia criou um setor de inteligência especializado na repressão desse tipo de crime”, explicou Fernando César de Souza, delegado titular do 15º Distrito Policial Itaim Bibi. Cerca de 10 pessoas já foram presas, suspeitas de participarem dos roubos. Um homem preso, aliás, é investigado por cometer assaltos no Itaim Bibi em setembro de 2019 e janeiro deste ano.

Segundo a Polícia, os relógios são entregues para outro comparsa, a fim de despistar, e os objetos são revendidos para atravessadores que os levam para fora do Brasil. “Nossas investigações indicam que eles rapidamente são enviados para fora do país: Uruguai, Argentina e África”, disse o delegado.

Vídeos mostram a ação: um motociclista, com uma bolsa de entregas de comida, aborda as vítimas na rua ou dentro do carro, sempre armado. O único objeto roubado é o relógio das vítimas.

Um homem preso no dia 16 de junho é suspeito de, no dia 10 de setembro de 2019, assaltar uma psicóloga que estava estacionando seu carro numa clínica no Morumbi. Sem tirar o capacete, ele exige que ela entregue o relógio, avaliado em R$ 28 mil, e depois foge de moto. O homem foi localizado em Taboão da Serra, após análise das câmeras de segurança que detectou a placa da moto.

No feriado de 25 de janeiro deste ano, um casal foi assaltado por um motociclista na Rua João Cachoeira, no Itaim Bibi. Aparentemente armado, o assaltante roubou os relógios do casal: um modelo Rolex de R$ 30 mil e um Apple Watch, que pode custar até R$ 6 mil.

PRESA QUADRILHA QUE ASSALTAVA CASAS NO ITAIM BIBI

Ainda no mês de junho, a Polícia prendeu uma quadrilha especializada em roubos e furtos a casas de alto padrão. A investigação para prendê-los começou em abril, após roubarem uma casa no Itaim Bibi.

Uma vídeo de uma câmera de segurança da casa vizinha mostra quatro homens saindo da residência assaltada. Eles entram em um carro, que foi roubado e estava com placas clonadas, e fogem. De acordo com a Polícia, a quadrilha usava carros de luxo ou veículos alugados.

Neste roubo, uma senhora idosa e os empregados da casa foram feitos reféns: enquanto as vítimas estavam amarradas, joias e dinheiro foram levados. “Os autores invadiram a residência pulando o muro, renderam a moradora, de 76 anos, e seus funcionários e amarraram todos, os mantendo em cárcere por cerca de 40 minutos, na cozinha”, explicou o delegado Fernando César de Souza, titular do 15º DP, no Itaim Bibi. A Polícia apreendeu drogas, 23 relógios de luxo e celulares, que continham fotos dos suspeitos com um revólver e dinheiro.


FALE COM A REDAÇÃO: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.