Prefeitura marca reabertura do Teatro Paulo Eiró para dezembro

0
53

Fechado desde março de 2019 por causa de reforma na rede elétrica, a reabertura aconteceria em março, mas foi adiada com o início da quarentena. Para dezembro, a Secretaria Municipal de Cultura prevê apresentação da Orquestra Filarmônica Santo Amaro


Desde março deste ano os moradores da cidade de São Paulo estavam sem frequentar os espaços culturais da capital, devido a quarentena contra a Covid-19. Porém, quem mora na região de Santo Amaro e tinha costume de visitar o Teatro Paulo Eiró, estava com saudades do espaço desde março de 2019.

Nessa época o local foi fechado (pela terceira vez) por problemas na rede elétrica. Cerca de R$ 14 milhões já foram gastos pela Prefeitura entre 2011 e 2015, para uma reforma estrutural, mas desde 2016 a estrutura elétrica do teatro enfrenta problemas.

Após o terceiro fechamento, personalidades santamarenses e entidades da região se reuniram para cobrar providências da Prefeitura. Dois abaixo-assinados foram criados e entregues ao Prefeito Bruno Covas, com reinvindicações da sociedade.

De acordo com a Prefeitura o problema foi resolvido e a arte volta a acontecer no Teatro Paulo Eiró a partir do dia 4 de dezembro.

“A Secretaria Municipal de Cultura informa que as obras do Teatro Paulo Eiró já foram concluídas. O evento de reabertura, em 4 de dezembro, contará com a apresentação da Orquestra Filarmônica Santo Amaro (Ofisa) e inauguração de uma obra da artista plástica Manuela Eichner na fachada do prédio”, informou a gestão municipal. Segundo a Secretaria Municipal de Cultura a programação completa será divulgada na segunda quinzena de novembro.

O Teatro será reaberto devido a entrada da capital paulista para a fase verde do Plano São Paulo, que autorizou a reabertura do setor cultural a partir do dia 13 de outubro.

Dezenas de espaços culturais, como as instituições culturais da Av. Paulista, estão voltando a receber o público com mostras de artistas nacionais e internacionais, que passam pelas artes visuais, arquitetura, fotografia, design, poesia e ilustração. O Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand, o MASP, por exemplo, já recebeu mais de quatro mil pessoas desde então.

Para a retomada da agenda cultural na cidade de São Paulo, protocolos sanitários contra a Covid-19 são seguidos em todos os locais:

  • distanciamento social;
  • desinfecção dos ambientes;
  • vendas de ingressos online;
  • uso obrigatório de máscara;
  • visita mediante agendamento prévio;
  • medição de temperatura dos funcionários e visitantes.

SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.