Prefeitura instala pias em comunidades carentes da Zona Sul, mas em Santo Amaro, moradores de rua seguem sem esse atendimento

0
307

Desde abril a Prefeitura tem instalado pias no centro da cidade e em algumas comunidades para que toda a população carente e moradores de rua se higienizem contra o coronavírus. Instituições sociais que atuam na Zona Sul já cobraram esse equipamento no Largo 13, mas até agora não há previsão


A Secretaria Municipal da Habitação, a Sabesp e a empresa Florescer Brasil finalizaram a instalação de 100 pias em 69 comunidades carentes da cidade de São Paulo para estimular a higiene das populações vulneráveis evitando o contágio do novo coronavírus.

Das 100 pias, 35 foram instaladas na Zona Sul, nos bairros do Jabaquara, Campo Belo/Santo Amaro, Capela do Socorro, M’Boi Mirim e Cidade Ademar.

Segundo a Prefeitura, a empresa Florescer Brasil doou os lavatórios e ficou responsável pelo manual de instalação; a Secretaria Municipal da Habitação selecionou as comunidades mais necessitadas e fez a articulação com os líderes comunitários; e a Sabesp instalou os pontos de água. Cada pia contém um frasco de sabão líquido, que será abastecido pela liderança local.

Em abril, a Prefeitura instalou pias no centro da cidade para que toda a população, mas principalmente quem mora na rua, possa lavar as mãos a qualquer momento, já que, além do isolamento social, a lavagem frequente das mãos é uma das principais formas de se proteger contra o coronavírus.

Na época, instituições sociais que atuam na Zona Sul cobraram a Prefeitura de SP para realizar a instalação de pias na região do Largo 13, que tem uma grande concentração de moradores de rua. Questionada pelo Grupo Sul News sobre as pias na região, a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC) informou que “recebeu a solicitação do Comitê Intersetorial da Política Municipal para a População em Situação de Rua (Comitê PopRua) para instalação de pias na Zona Sul, mais especificamente no Largo Treze. A SMDHC, juntamente com a Secretaria Municipal de Subprefeituras e a SABESP, já realizou vistorias para verificar o melhor local para instalação das pias”.

Até agora, porém, ainda não há pias na região de Santo Amaro para a limpeza dessa população. Segundo a Prefeitura, a Coordenação de Políticas para População em Situação de Rua da SMDHC está em interlocução com órgãos públicos e privados para instalar pias “em regiões de grande concentração de pessoas em situação de calçada, entre elas, a região da Praça Floriano Peixoto, em Santo Amaro, próxima do Largo Treze. Vale ressaltar que na região em questão, próximo à praça citada, há um equipamento próximo voltado especificamente à pessoas em situação de rua, localizado na Rua Promotor Gabriel Netuzzi Perez – 81, um Núcleo de Convivência mantido pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, em regime de ‘portas-abertas’, com oferta de banheiros e água na região”, informou a Prefeitura.

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.