Vias com mais registros de acidentes em 2018 recebem sinalização para educar motoristas

0
137

A ação informa o número de vítimas, fatais e não fatais, naquela localização e pretende chamar a atenção dos motoristas para a necessidade de respeitar os limites de velocidade, pedestres e regras de trânsito


Em alusão a Semana da Mobilidade, a Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes (SMT) iniciou uma campanha de educação de trânsito nas 10 vias da cidade que mais registraram acidentes em 2018.

Com a mensagem: “XXX VÍTIMAS DE TRÂNSITO NESSA VIA EM 2018. NUNCA ULTRAPASSE O LIMITE DE VELOCIDADE. TODA VIDA FAZ FALTA PARA ALGUÉM”, a SMT pretende informar o número de vítimas, fatais e não fatais, naquela localização e, assim, educar os motoristas a dirigirem com cuidado, respeitando pedestres e as regras de trânsito.

Segundo a Prefeitura, “A comunicação e educação de trânsito fazem parte de um dos eixos do Plano de Segurança Viária – Vida Segura, que a Prefeitura apresentou em abril com o objetivo de transformar São Paulo em uma das cidades com tráfego mais seguro do mundo. O documento norteia a execução de políticas públicas para a redução de ocorrências graves e mortes no trânsito até 2028”.

Nos próximos meses as 10 vias serão alvos de intervenções da Prefeitura visando o aumento da segurança viária. As vias são:

ZONA SUL
Estrada de Itapecerica – 139 vítimas
Avenida Senador Teotônio Vilela – 123 vítimas
Avenida Dona Belmira Marin – 100 vítimas
Avenida Engenheiro Armando de Arruda Pereira – 56 vítimas

ZONA LESTE
Avenida Aricanduva – 141 vítimas
Avenida Marechal Tito – 101 vítimas
Avenida Nordestina – 45 vítimas

ZONA NORTE
Avenida Raimundo Pereira de Magalhães – 100 vítimas
Avenida Inajar de Souza – 67 vítimas
Avenida Cruzeiro do Sul – 47 vítimas

Na Zona Sul, a Avenida Dona Belmira Marin, a Estrada de Itapecerica e a Avenida Senador Teotônio Vilela recebem a implantação do programa Via Segura, que prevê iniciativas como soluções semafóricas, rearranjos na geometria de pontos das vias e revitalização semafórica, de acordo com o diagnóstico de problemas verificados em cada uma delas.

Já a Avenida Engenheiro Armando de Arruda Pereira recebe, nas imediações do Metrô Conceição, uma intervenção inicial para requalificação do espaço urbano, estabelecendo melhores condições para travessia de pedestres em uma área de grande circulação.

ACIDENTES EM 2019

A cidade de São Paulo registrou mais de 20 mil acidentes, com pelo menos um ferido, e mais de 500 mortes entre os meses de janeiro e agosto deste ano. A média, então, é de 84 acidentes com, pelo menos, uma vítima por dia. Os dados são do Infosiga SP, do Governo do Estado.

As causas mais frequentes dos acidentes são as colisões, que acontecem em 56% dos casos. Os atropelamentos são responsáveis por 17% das ocorrências. Cerca de 64% dos acidentes tem envolvimento de veículos e 54%, de motos. A maioria dos acidentes acontecem aos finais de semana (35%), principalmente a noite/madrugada (41%).


FALE COM A REDAÇÃO
Sugestões de pauta, envie email para: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.