Blockchain é base das criptomoedas e oferece segurança maior que a do sistema bancário

0
314

Todas as transações financeiras que fazemos, exceto as realizadas em dinheiro vivo, passam por algum sistema eletrônico: “maquininhas” de cartão, aplicativos de smartphone, caixas eletrônicos e até nos guichês de agências bancárias. Todos estes processos deveriam garantir a segurança das informações, mas sabemos que, às vezes, esses sistemas podem apresentar falhas. Para evitar qualquer vulnerabilidade, milhões são gastos em segurança digital.

As criptomoedas também possuem seu sistema de segurança. Formada por cadeias de caracteres, as moedas digitais têm suas operações descentralizadas, não estando submissas a uma empresa ou pessoa. Os próprios usuários as controlam, por meio da tecnologia blockchain, responsável pela execução e validação das informações.

“O blockchain é um banco de dados em que as transações são gravadas em blocos sequenciais. Cada bloco tem um código único, que conecta os blocos anterior e posterior, numa cadeia de blocos com autenticidade garantida”, explica Guido Malato, CEO da exchange de criptomoedas CashCode.

Em comparação com sistemas de pagamentos atuais, a tecnologia do blockchain fornece uma segurança muito maior contra a perda e roubo de informações. Hoje, considera-se até que é impossível de ser “quebrada”.

“Para quebrar essa cadeia, é preciso decifrar o código do primeiro bloco registrado até encontrar o bloco exato que você gostaria de alterar. Conforme o bloco aumenta, a cadeia de senhas fica mais longa. Se um hacker quisesse roubar o décimo bloco, ele teria que quebrar os nove códigos anteriores e posteriores até encerrar aquela sequência. Não há tecnologia para isso hoje que compense”, destaca Guido.

O blockchain tem atraído o interesse de grandes empresas que tentam incorporá-lo em seus produtos e serviços. Para você também ter a melhor experiência dessa tecnologia, a exchange CashCode oferece uma plataforma completa e ágil para a compra e venda de inúmeros ativos digitais. Acesse cashcode.io e faça parte dessa revolução!

As criptomoedas também possuem seu sistema de segurança. Formada por cadeias de caracteres, as moedas digitais têm suas operações descentralizadas, não estando submissas a uma empresa ou pessoa. Os próprios usuários as controlam, por meio da tecnologia blockchain, responsável pela execução e validação das informações.

“O blockchain é um banco de dados em que as transações são gravadas em blocos sequenciais. Cada bloco tem um código único, que conecta os blocos anterior e posterior, numa cadeia de blocos com autenticidade garantida”, explica Guido Malato, CEO da exchange de criptomoedas CashCode.

Em comparação com sistemas de pagamentos atuais, a tecnologia do blockchain fornece uma segurança muito maior contra a perda e roubo de informações. Hoje, considera-se até que é impossível de ser “quebrada”.

“Para quebrar essa cadeia, é preciso decifrar o código do primeiro bloco registrado até encontrar o bloco exato que você gostaria de alterar. Conforme o bloco aumenta, a cadeia de senhas fica mais longa. Se um hacker quisesse roubar o décimo bloco, ele teria que quebrar os nove códigos anteriores e posteriores até encerrar aquela sequência. Não há tecnologia para isso hoje que compense”, destaca Guido.

O blockchain tem atraído o interesse de grandes empresas que tentam incorporá-lo em seus produtos e serviços. Para você também ter a melhor experiência dessa tecnologia, a exchange CashCode oferece uma plataforma completa e ágil para a compra e venda de inúmeros ativos digitais. Acesse https://www.cashcode.io/e faça parte dessa revolução!


FALE COM A REDAÇÃO
Sugestões de pauta, envie email para: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.