Vereador Marcelo Messias propõe a criação da farmácia popular para animais de estimação

0
736
O sorriso de ambos mostra porque o cão é considerado o melhor amigo do homem!

O Projeto de Lei (PL) 174/2022 propõe a criação da farmácia popular de medicamentos para animais de estimação de pequeno porte


Pensando sempre na população, o Vereador participa do Projeto de Lei 174/2022, que incentiva a criação da farmácia popular de medicamentos para animais de estimação. O objetivo do PL é ajudar as famílias que não possuem recursos suficientes para tratar de forma adequada da saúde de seus bichinhos, principalmente, devido aos valores com medicamentos, vacinas e insumos serem de alto custo.

Com isso, o projeto visa melhorar esse processo, com preços acessíveis ou gratuitos, principalmente, pessoas cadastradas nos programas Bolsa Família, Renda Mínima, Renda Cidadã ou outro programa equivalente. Para assim, garantir o acesso às famílias que não possuem recursos necessários para cuidar do seu animalzinho de estimação, prevenindo e tratando doenças de forma mais eficiente, resultando na redução significativa dos casos mais graves e, por consequência, diminuindo a demanda por atendimentos emergenciais e internações veterinárias.

Essa iniciativa não beneficia apenas as famílias em relação aos valores dos medicamentos, como também a melhora do abandono dos animais, pois muitas vezes, devido à falta de dinheiro para tratamentos caros, os pets são abandonados nas ruas, sem alimentação e sem um tratamento necessário, ocasionado em mortes trágicas.

Dessa forma, a criação da Farmácia Popular para animais de estimação, beneficia a sociedade como um todo, ao promover a saúde e o bem-estar dos pets, fortalecendo os laços entre seus companheiros e contribuindo para a qualidade de vida dos nossos amigos de quatro patas.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.