Segunda fase da vacinação contra o sarampo prioriza jovens entre 20 e 29 anos

0
132

O público pode se vacinar até o dia 30 de novembro em qualquer Unidade Básica de Saúde. A capital paulista já tem cinco mortes por conta da doença


Começou a segunda fase da campanha de vacinação contra o sarampo, dessa vez tendo como público-alvo jovens de 20 a 29 anos, já que nos últimos três meses, mais de 1700 jovens dessa faixa etária foram atingidos pela doença.

A população dessa faixa de idade deve ter as duas doses da vacina tríplice viral, com intervalo mínimo de 30 dias entre elas, para proteção contra sarampo, caxumba e rubéola. Segundo o Ministério da Saúde, cerca de 40 milhões de brasileiros estão vulneráveis a contrair a doença por falta da vacina.  

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) alerta que “caso o munícipe não tenha a comprovação vacinal, deverá receber a primeira dose da vacina durante a campanha e a segunda será agendada com o intervalo de 30 dias da primeira. Se o adulto jovem tiver recebido apenas a primeira dose da tríplice viral ao longo da vida, receberá a segunda dose durante a campanha”.

Entre 4 de agosto e 26 de outubro, foram registrados 5.660 casos de sarampo no Brasil, sendo que mais de 90% deles são no Estado de São Paulo, que já registrou 14 mortes. Até o dia 11 de novembro, mais de 6.500 casos de sarampo foram confirmados na capital paulista, o que configura 56,2% dos casos. Segundo a Prefeitura, a cidade tem cinco mortes em 2019.

O Ministério da Saúde pretende fazer mais três campanhas de vacinação contra o sarampo no próximo ano para vacinar 2,6 milhões de crianças e 13,6 milhões de adultos. As campanhas ainda não tem datas definidas mas, devem priorizar grupos de 5 a 19 anos, de 30 a 49 anos e de 50 a 59 anos.

Os principais sintomas do sarampo são: irritação nos olhos, corrimento no nariz, mal-estar, manchas brancas na parte interna da bochecha, tosse persistente e manchas vermelhas na pele.

O público pode se vacinar até o dia 30 de novembro em qualquer Unidade Básica de Saúde (UBS).


FALE COM A REDAÇÃO
Sugestões de pauta, envie email para: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.