Radar eletrônico perto do Ibirapuera é o que mais multa por excesso de velocidade em SP

0
492

Nos três primeiros meses do ano foram aplicadas 51.489 multas para motoristas que passaram pelo Complexo Viário Ayrton Senna


Os radares da cidade de São Paulo registram, em média, 14 infrações por minuto. No primeiro trimestre deste ano, os equipamentos aplicaram mais de 1,8 milhão de multas por excesso de velocidade, segundo dados do Painel Mobilidade Segura da Prefeitura.

Na Zona Sul, o local em que os motoristas mais são multados é o Complexo Viário Ayrton Senna (sentido centro/bairro), na região de Moema que, nos três primeiros meses do ano, registrou 51.489 multas.

A quantidade de multas registradas ali, no entanto, já é menor do que as registradas entre julho e outubro do ano passado. Nesse período, foram aplicadas 58.938 multas, o que representa uma infração a cada três minutos.

Também houve redução no registro de infrações no radar da Av. dos Bandeirantes que, em 2018, aplicou 42 mil multas, e neste ano, registrou 16.614 multas. No ano passado o radar da Marginal Tietê (na ponte das Bandeiras) aplicou 32.240 infrações, mas não foi citado nos dados este ano.

Em 2019, os outros radares que mais multaram são os instalados na Av. Jacu Pêssego/Nova Trabalhadores (28.595 multas); na Av. das Nações Unidas (sentido Interlagos/Castello Branco), com 14.775 multas e na Marginal Pinheiros Pista Expressa (sentido Interlagos/Castello Branco), sendo 12.427 multas.

O uso do celular ao volante é a infração que resulta em mais multas registradas manualmente, ou seja, pelos agentes da CET. No primeiro trimestre deste ano foram 83 mil deste tipo, ou seja, 930 por dia.


FALE COM A REDAÇÃO
Sugestões de pauta, envie email para: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.