Estação Capão Redondo recebe obras de melhoria para atender aumento de passageiros da Linha 5-Lilás

0
892

Haverá ampliação da entrada da estação, uma passagem exclusiva para o terminal de ônibus e aumento do número de catracas, para que haja maior fluidez no embarque e desembarque


O governador João Doria anunciou obras de melhoria na Estação Capão Redondo, da Linha 5-Lilás do Metrô, para facilitar o fluxo de passageiros, cerca de 100 mil pessoas, que utilizam a estação todos os dias.

“É uma estação extremamente demandada e esperamos que, até o fim de dezembro deste ano, as obras de melhoria de acesso estejam concluídas sem atrapalhar os usuários”, disse o secretário estadual de Transportes, Alexandre Baldy.

A ViaMobilidade, empresa que administra a estação e é responsável pela obra, vai ampliar a entrada da estação, implantar uma passagem exclusiva para o terminal de ônibus e aumentar o número de catracas para que o acesso à estação seja ampliado em 63%.

Projeto da nova entrada da estação Capão Redondo

Serão construídas novas rampas de acesso, no lugar de uma escadaria, para viabilizar a entrada de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Fora da estação, serão instalados totens de autoatendimento para que os passageiros comprem créditos para seus bilhetes únicos.

O Governo prevê que haja um aumento na “fluidez no embarque e desembarque, especialmente em horários de maior movimentação. Ao término das adequações, a capacidade de absorção do fluxo de passageiros vindos da rua crescerá 40%. O número de catracas também terá acréscimo de aproximadamente 40%”.

A previsão é que até a primeira quinzena de novembro as obras estejam concluídas, sem provocar impacto na operação da linha, pois as obras serão realizadas em áreas separadas ou durante a noite.

De acordo com o Governo, este projeto de readequação é necessário para atender o crescimento da demanda de passageiros na Linha 5-Lilás. “Especialmente na Estação Capão Redondo o público aumentou significativamente após a abertura, em 28 de setembro do ano passado, das estações Santa Cruz e Chácara Klabin, que fazem integração com as linhas 1-Azul e 2-Verde, respectivamente. A quantidade de passageiros transportados subiu mais de 90% de 320 mil, em agosto de 2018, para os atuais 600 mil”.


FALE COM A REDAÇÃO
Sugestões de pauta, envie email para: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.