Projeto #LimpezaNaRepresa começa 2021 levando 100 voluntários ao Mutirão na Guarapiranga

0
38

Com barcos, lanchas e jet skis foram retirados mais de uma tonelada de lixo da Represa Guarapiranga. A próxima ação de limpeza acontece no dia 31 de janeiro para conscientizar população e poder público a cuidar melhor da água que abastece a cidade


Por: #LimpezaNaRepresa

O ano de 2021 chegou e o pessoal do projeto voluntário socioambiental #LimpezaNaRepresa volta com tudo.

No último dia 16, foi organizada uma grande mobilização com cerca de 100 voluntários, barcos, lanchas e jet skis que retirou da Represa Guarapiranga mais de uma tonelada de lixo. O projeto, que existe desde de agosto de 2020 e vem crescendo cada vez mais, tem um só objetivo: sensibilizar a população e o poder público com a questão do lixo descartado irregularmente e que acaba poluindo nossos rios, córregos e por final os nossos mananciais, maior riqueza que temos, pois sem água não há vida.

Duas vezes por mês o grupo se reúne em local previamente estabelecido e informado nas redes sociais e grupos de WhatsApp. Com um bom café da manhã e uma breve abertura da ação ali mesmo, na beira da represa, os grupos são divididos nas embarcações e… mão na massa, ou melhor dizendo, no lixo! Diversas ilhas e praias já foram visitadas pelo grupo e mais de 10 toneladas de lixo já foram retirados desses locais. Todo esse lixo é recolhido posteriormente pela empresa Sabesp, que em tratativa com Augusto Bat, coordenador do projeto, está fazendo parte das ações e ajudando no descarte correto de todo material tirado da represa.

“No verão, época de chuva, muito lixo jogado pela população nas ruas vem parar na Represa Guarapiranga, sendo esse o nosso reservatório de água que alimenta 8,5 milhões de pessoas. É como defecar na própria caixa d’água. Temos que arrumar caminhos para conscientizar a população dessa cultura horrível que nós brasileiros temos de jogar o lixo em qualquer lugar e as autoridades e empresas da importância de se preservar os mananciais e toda a vida que lá existe. Não queremos que a Represa Guarapiranga se torne uma Billings com todo seu mal odor (Represa da capital com alto índice de esgoto inNatura, algas e bactérias nocivas ao ser humano)”, diz Ge Lopes, um dos idealizadores do projeto.

O projeto já tem planos pro futuro: montar uma sede própria na Represa Guarapiranga, na Av. Atlântica, e com a força e a vontade dos voluntários, simpatizantes da represa, moradores, comércio e autoridades locais, reverter esse quadro trágico em que a represa se encontra, trazer conhecimento e informação às escolas e comunidades que cercam os afluentes da represa para que a quantidade de lixo e entulho diminua e assim as empresas responsáveis pela represa e a limpeza pública possam se organizar e fazer um trabalho decente de coleta antes que esse lixo desemboque na represa por determinado córrego ou rio, com o auxílio das redes de contenção em cada saída e uma logística de manutenção e limpeza adequada para a quantidade de lixo principalmente dos córregos que passam dentro de grandes comunidades carentes como Vila São José, Aracati, entre outros.
Uma luta nobre e um exército de voluntários que tende a crescer e fazer a diferença num futuro próximo e mais sustentável. Nós por nós e pelo meio ambiente!!! Esse é o lema.

PRÓXIMA AÇÃO: 31 de janeiro às 9h | Av. Atlântica, 4.200

Redes Sociais: Projeto #LimpezaNaRepresa (Facebook) e @projetolimpezanarepresa (Instagram)

Apoiadores: Triferro, Vidraçaria Interlagos, Amigos da Guarapiranga (Bat), Jet Guará, @FelipePolkorn (Tattoo), @Atelige.Lopestyle, @KebradaTreze, Eleve Suplementos.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.