Prefeitura realiza combate a pernilongos em bairros da Zona Sul

0
95

O combate utiliza a técnica chamada de Ultra Baixo Volume com nebulização de inseticida e larvicida biológicos contra pernilongos e mosquitos da dengue. O número de queixas sobre a proliferação de mosquitos subiu na primeira metade do mês de setembro


Até a próxima sexta-feira (9), a Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa) realiza uma ação de combate contra pernilongos (Culex quinquefaciatus) e mosquitos da dengue (Aedes Egypt) em bairros da cidade de São Paulo.

Na Zona Sul, a aplicação de inseticida acontece no Campo Limpo, M’Boi Mirim, Parelheiros, Santo Amaro, Cidade Ademar, Vila Mariana e Jabaquara.

O número de queixas sobre a proliferação de pernilongos subiu na primeira metade do mês de setembro, na comparação com os meses anteriores: em julho foram 331 reclamações; em agosto, 221 e nas duas primeiras semanas de setembro foram mais de 520 queixas registradas no serviço 156 da Prefeitura.

Muitas queixas surgem de pessoas que moram próximo ao Rio Pinheiros. Associações de moradores da Zona Oeste organizaram um abaixo-assinado, com mais de 30 mil assinaturas, cobrando que a Prefeitura de São Paulo adote medidas para exterminar os mosquitos.

O combate realizado pela Prefeitura utiliza a técnica chamada de Ultra Baixo Volume (UBV), que é “um dos métodos mais eficientes, pois ataca diretamente o alvo a ser controlado, além de ser mais econômico”, informou a gestão municipal.

Para a nebulização de inseticida e larvicida biológicos que combatem os mosquitos, a Divisão de Vigilância de Zoonoses da Coordenadoria de Vigilância em Saúde (DVZ) adquiriu 30 veículos para serem distribuídos nas 27 Unidades de Vigilância em Saúde. “Esses veículos atuarão no combate aos mosquitos especialmente em pontos estratégicos, com maior tendência de acúmulo de mosquitos, e imóveis especiais, de maior trânsito de pessoas em épocas fora da pandemia (como escolas, creches, asilos, igrejas). A nova frota dobra a capacidade atual das UVIs no combate aos mosquitos nas zonas periféricas, próximas a rios e córregos e nas ações casa a casa”, afirmou a Secretaria Municipal de Saúde.

Além dos bairros da Zona Sul a ação também é feita na região da Sé, em Pinheiros, Ipiranga, Santa Cecília, Butantã, Lapa, Mooca, Aricanduva, Vila Prudente, Sapopemba, Cidade Tiradentes, Ermelino Matarazzo, Guaianazes, Itaim Paulista, Itaquera, São Matheus, São Miguel Paulista, Santana, Jaçanã, Casa Verde, Pirituba, Freguesia do Ó, Vila Maria e Vila Guilherme.

De acordo com a gestão municipal, “as ações nas margens do Rio Pinheiros seguem sendo realizadas pela Prefeitura de São Paulo em parceria com a EMAE”.

O canal para solicitações sobre mosquitos é o Portal de Atendimento da Prefeitura de São Paulo 156: https://sp156.prefeitura.sp.gov.br/portal/tipos-servicos?tema=612


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.