Prefeitura reabre Centros Esportivos, mas unidade Santo Amaro continua fechada

0
274

Na pandemia, o Centro Esportivo Santo Amaro é uma das unidades que abriga moradores de rua ou pessoas em situação de vulnerabilidade social infectadas pela Covid-19. Já o Governo de SP liberou a reabertura de academias de ginástica, que ainda precisam da aprovação da Prefeitura para implementar protocolos de higiene


A partir da próxima segunda-feira (6), a Prefeitura vai reabrir centros esportivos públicos para que a população possa fazer caminhadas e corridas ao ar livre, no horário das 6h às 12h.

No entanto, dos 48 Centros Esportivos administrados pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, seis deles continuarão fechados: desde abril os Centros Esportivos da Lapa, Mooca, Santana, Tietê, Santo Amaro e Barra Funda estão sob administração da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social para a Operação Baixas Temperaturas, que cuida de moradores de rua, e para abrigar pessoas em situação de vulnerabilidade social infectadas ou com suspeita de contágio pela Covid-19.

Assim como em outros setores que estão retornando as atividades, os Centros Esportivos reabrem com regras para evitar a proliferação do coronavírus:

• uso obrigatório de máscara;

• capacidade de 40% dos usuários;

• proibida a aglomeração de pessoas;

• intensificação na higiene de banheiros;  

• cartazes informativos sobre a Covid-19 e medidas de prevenção;

• redução do número de portões de acesso para facilitar a entrada das pessoas;

• está proibido a prática de esportes coletivos e utilização dos campos, piscinas, playgrounds, academias (internas e externas);

• os usuários devem ter sua própria garrafa d’água e itens de hidratação para evitar compartilhamento de objetos pessoais;

• medição de temperatura na entrada: pessoas com temperatura acima de 37,5° serão orientadas a seguir os protocolos de saúde;

Os clubes comunitários permanecem fechados.

REABERTURA DE ACADEMIAS

Apesar do Plano São Paulo de retorno das atividades econômicas prever a reabertura das academias de ginástica apenas na Fase Verde, o Governo do Estado resolveu antecipar essa reabertura e permitir que, na Fase Amarela, as academias voltem a funcionar.

Na cidade de São Paulo, que está na Fase Amarela do plano, as academias devem aguardar a liberação da Prefeitura que precisa autorizar os protocolos de higiene enviados pelo setor.

O Governo prevê que no protocolo haja agendamento prévio para uso do espaço e atividades individuais. “Nessa etapa o que elas [academias] podem ter de funcionamento é uma ocupação máxima de 30%, funcionamento máximo de 6 horas. Somente [atividades] individuais, permitidas através de agendamento, protocolo específico. Com destaque para limpeza intensificada dos equipamentos, três vezes ao dia, e restrição do uso dos vestiários”, explicou Patrícia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado.


FALE COM A REDAÇÃO: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.