Prefeitura amplia horários dos parques municipais, após restrição nas regras da pandemia

0
33

A partir de fevereiro os parques funcionam 12 horas por dia, mas, enquanto a cidade estiver na Fase Vermelha do plano de flexibilização do Governo, os parques seguem fechados aos finais de semana e feriados


Depois que o Governo de São Paulo reclassificou a cidade de São Paulo para a Fase Laranja nos dias úteis e para a Fase Vermelha aos finais de semana e feriados, os horários dos parques municipais e estaduais foram alterados, assim como os horários de estabelecimentos comerciais.

Porém, após muitas críticas, a Prefeitura reconsiderou e mudou o horário dos parque novamente: agora esses locais vão abrir das 6h às 18h, sendo que antes funcionavam das 8h às 16h.

Aos sábados e domingos, no entanto, os parques continuam fechados, até o final da fase vermelha, prevista para acontecer até o dia 8 de fevereiro.

De acordo com a Prefeitura, cerca de 9,5 milhões de pessoas já visitaram os parques da capital após reabertura, que aconteceu em julho do ano passado. Entre 18 e 24 de janeiro, os parques mais visitados foram:

  • Ibirapuera (170.944)
  • Independência (36.655)
  • Aclimação (31.154)
  • Carmo (21.880)
  • Luz (16.579)

Para conferir o horário dos parques da capital, acesse: https://cutt.ly/gksg7FP

Em janeiro, o parque mais visitado foi alvo de reclamações pela constante falta de luz, principalmente durante a noite. “Não ando sozinha aqui à noite. Conheço amigas que já tiveram problemas, inclusive estupro. Isso na época em que havia luz. Agora então, sem luz, esquece. Tirando que você não enxerga nada no chão, acaba causando acidentes, batendo em outras pessoas. É questão de segurança”, afirma uma frequentadora.

A Secretaria do Verde e Meio Ambiente informou que o bosque interno, entre os portões 7 e 8, tem iluminação menos intensa porque são áreas de proteção à fauna.

FASE VERMELHA

De acordo com o Governo de São Paulo, o endurecimento das regras para o comércio pode ser revisado. Isso acontece depois depois de críticas sobre o horário dos parques e dos estabelecimentos comerciais.

Está previsto para amanhã (3), a revogação do decreto que determina funcionamento do comércio apenas das 20h às 6h. Segundo o Governo, essa mudança ocorre devido a estabilidade de casos e mortes por Covid-19.

“Na próxima quarta-feira (3) o Governo do Estado de São Paulo vai anunciar mudanças nas medidas de restrição complementares do Plano São Paulo. Com duas semanas consecutivas no número de internações, e caso este cenário se mantenha em queda, na próxima quarta-feira (3), vamos anunciar medidas de suspensão das restrições impostas pelo Plano São Paulo relativas aos horários de funcionamento do comércio, shoppings, restaurantes, bares, inclusive aos finais de semana”, disse o governado João Doria (PSDB) durante coletiva de imprensa nesta segunda (1°).


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.