Polícia prende suspeitos de roubar casas em Santo Amaro

0
133

Os dois homens já possuem passagens criminais e são investigados por outros crimes contra o patrimônio. Dias antes, também em Santo Amaro, a Polícia Civil prendeu dois homens que fingiram ser policiais e sequestraram o motorista de uma empresa de tecidos


Na última terça-feira (2), a Polícia Civil de São Paulo prendeu dois homens, entre 20 e 25 anos, que são suspeitos de efetuar roubos em casas e condomínios de Santo Amaro.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, “os dois homens foram identificados após investigações realizadas pelo 11º Distrito Policial, subordinado à 6ª Delegacia Seccional de Polícia, e capturados durante o cumprimento de mandados de prisão temporária e de busca e apreensão expedidos pela Justiça”.

Os dois homens já possuem passagens criminais e são investigados por outros crimes contra o patrimônio. “Agora as investigações prosseguem a fim de efetuar a identificação e prisão de mais suspeitos”, destacou o delegado Júlio Jesus Encarnação.

Também na região de Santo Amaro, outros dois homens, de 36 e 39 anos, foram presos na última sexta-feira (26) por fingirem ser policiais: eles capturaram o motorista de uma empresa de tecidos e ameaçaram o homem e a sua família para que ele informasse a localização do galpão em que ele trabalha e onde as mercadorias ficam armazenadas.

A prisão aconteceu na Praça Bento Franca Cassaca. Ao deter os homens, os policiais civis encontraram o motorista da empresa algemado, amordaçado e encapuzado e apreenderam uma pistola 7.65.

“Os dois assaltantes foram indiciados e tiveram a prisão preventiva solicitada, permanecendo detidos à disposição da Justiça. A arma utilizada no crime foi apreendida, assim como uma algema, fita adesiva, dois distintivos policiais, dois celulares, um boné e duas toucas ninjas”, informou a Secretaria de Segurança Pública.

MUDANÇA NOS DISTRITOS POLICIAIS DA CAPITAL PAULISTA

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) divulgou uma mudança na rotina das Delegacias na cidade de São Paulo.
Por causa da ampliação do uso da Delegacia Eletrônica, como a realização de Boletins de Ocorrência pela internet, as investigações de crimes complexos nas delegacias de bairros serão reforçadas com a dedicação integral de policiais civis.

Ou seja, haverá redução de agentes nas delegacias, já que eles estarão nas ruas fazendo investigações. Assim, a população será estimulada a registrar ocorrências pela internet.

Segundo a SSP, nenhuma delegacia será fechada e haverá um aumento de 430 equipes trabalhando na investigação de crimes.

“As medidas não impactam os plantões das Delegacias de Defesa da Mulher 24 horas (DDM) da capital. As sete unidades da com funcionamento ininterrupto na Cidade de São Paulo seguem operando regularmente nos seus horários habituais. Importante ressaltar que, independentemente da natureza da ocorrência, todas as unidades policiais estão aptas e deverão prestar atendimento aos cidadãos sempre que procuradas”, informou a Secretaria de Segurança Pública.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.