Polícia prende quadrilha que fazia sequestros relâmpago no Brooklin

0
488

Cerca de 10 vítimas já reconheceram os bandidos, mas, a Polícia acredita que pelo menos 30 pessoas foram alvo dessa quadrilha

 

Nesta semana, a Polícia prendeu uma quadrilha que fazia sequestros relâmpago na região do Brooklin e Morumbi. Cerca de 10 vítimas já reconheceram os bandidos, mas, a Polícia acredita que pelo menos 30 pessoas foram alvo dessa quadrilha. Eles atuavam na saída de supermercados e em ruas calmas dos bairros.
Segundo a Polícia, os quatro bandidos escolhiam as vítimas pelos carros em que estavam. “As vítimas permaneciam por, ao menos, duas horas, com esses criminosos. Eles eram extremamente violentos e chegavam a torturar. Em posse dos cartões bancários, efetuavam saques e empréstimos, inclusive, pegavam o celular da vítima com sua senha pessoal”, disse o delegado Ricardo Martins Junior.
“Durante as ações, foram apreendidos dois veículos, um revólver, um vaso de maconha e uma bicicleta furtada de uma empresa de locação de bikes”, informou a Secretaria de Segurança Pública. Com os presos, também foram encontrados relógios de luxo, celulares, bolsas e joias.
Três mandatos de prisão foram cumpridos contra a quadrilha, que tinha de 18 a 42 anos. “O grupo foi detido por meio das ordens judiciais e agora será autuado pelo porte de arma e droga e receptação da bicicleta furtada”, explicou o delegado Murilo Fonseca Roque, titular do 96º DP, responsável pela área.
A Polícia pede que possíveis vítimas compareçam a 96º DP Brooklin para fazer o reconhecimento dos suspeitos.

 

BANDIDOS PRESOS POR ROUBO
Na noite da última quarta-feira (5), por volta das 21h30, um homem de 21 anos e um jovem de 17 foram presos após cometerem roubos na Av. Washington Luís, 300. A prisão aconteceu enquanto os bandidos tentavam fugir. Um terceiro suspeito conseguiu escapar.
Momentos antes de furtar uma moto, eles roubaram o celular de um pedestre. A quadrilha possuía um objeto usado para quebrar a ignição de motos. Eles ainda tinham uma caixa de uma marca de aplicativo de entrega de comida.
Ambos os presos vão responder por roubo. O caso foi registrado no 11º DP Santo Amaro.
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.