Plano Diretor para concessão do Ibirapuera limita uso de espaços do parque

0
52

Um dos objetivos é limitar atividades comerciais realizadas por grupos específicos e definir a quantidade de pessoas presentes em eventos

 

No próximo dia 15 de junho termina a consulta pública para o Plano Diretor do Parque Ibirapuera, condição estabelecida pela Prefeitura e Ministério Público, para que a concessão do parque fosse autorizada.
Um dos objetivos é limitar atividades comerciais realizadas por grupos específicos, como assessorias esportivas, atividades de ioga, piqueniques privados (com mais de 30 pessoas) e visitas guiadas; ações realizadas por empresas que cobram por esses serviços.
Segundo a Secretaria do Verde e Meio Ambiente (SVMA), a “limitação de atividades privadas, […] será restrita aos dias úteis. Isso porque, atualmente, diversas empresas realizam atividades comerciais no Parque sem qualquer regulamentação. Como são exploradas comercialmente, devem ser alvo dessa regulamentação, excetuando-se aquelas práticas esportivas e de lazer para fins pessoais”.
O Plano também define que, atividades culturais, em áreas abertas, não poderão acontecer ao mesmo tempo, sendo que, o público máximo deve ser de 15 mil pessoas, o que pode variar de acordo com o local do evento.
Além do Ibirapuera, fazem parte do lote da concessão, os parques Eucaliptos (na Zona Sul), Jacintho Alberto e Jardim Felicidade (ambos na Zona Norte), Tenente Brigadeiro Faria Lima (na região Centro-Oeste) e Lajeado (na Zona Leste).
O Plano Diretor “contempla as regras existentes e consolida também outras normas que atendem à defesa da fauna e flora e à fruição do público”, justifica a Secretaria do Verde e Meio Ambiente. Um Grupo de Trabalho da SVMA, composto por técnicos, gestores do Parque, biólogos, arquitetos urbanistas, geógrafos e agrônomos executam o trabalho.
Após o dia 15, uma versão final do plano diretor será enviada para aprovação do Mistério Público e do vereador Gilberto Natalini, que contestou tópicos do projeto original de concessão.
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.