12.1 C
São Paulo
sexta-feira, 20 maio, 2022
Mais

    Obras de redes elétricas subterrâneas na Vila Olímpia é tema de audiência pública na Câmara

    Mais lidas

    Em junho de 2018, a Prefeitura prometeu que terminaria o enterramento de fios na Vila Olímpia em julho do mesmo ano

     

    A manutenção das calçadas e o enterramento de fios na região da Vila Olímpia foi tema de uma Audiência Pública da Comissão de Política Urbana, Metropolitana e Meio Ambiente da Câmara Municipal.
    Os vereadores ouviram representantes da Associação Brasileira das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações Competitivas (TELCOMP) e da Enel Distribuidora São Paulo, que esclareceram informações sobre a manutenção das vias públicas para pedestres e a construção de redes subterrâneas.
    O vereador José Police Neto (PSD), membro da comissão, acredita que as obras fogem do padrão estipulado pelo Estatuto do Pedestre da cidade de São Paulo e criticou o andamento das obras. “A gente está gastando muito dinheiro, recursos elevados, para piorar a condição das calçadas”, afirmou Police Neto.
    O diretor de Relações Institucionais da Enel, Marcos Mesquita, manifestou a preocupação da concessionária com os postes e fiação instalados na Vila Olímpia. “O enterramento de cabos deve ser segregado, não havendo o compartilhamento dos serviços. Cada caso deve ser avaliado exclusivamente”, defendeu.
    Segundo o João Moura, presidente da TELCOMP, a intenção é não causar tanto desconforto à população discutindo cada projeto de enterramento de fios. “Além de as redes subterrâneas contribuírem para a melhor estética da cidade e a segurança dos pedestres”, disse Moura.
    Segundo a Câmara, “até o final de junho, a Comissão de Política Urbana da Câmara deverá realizar reuniões técnicas com projetistas e responsáveis pelas empresas que executam e gerenciam as obras de aterramento de fios na cidade”.
    Em junho de 2018, a Prefeitura prometeu que terminaria o enterramento de fios na Vila Olímpia em julho do mesmo ano, onde mais de 4 km de fios serão enterrados e 300 postes removidos.
    - Patrocinado -

    Leia mais

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    - Patrocinado -

    Últimas