Moradores de Moema e região iniciam reuniões do Conselho Participativo em 2019

0
178

Em todas as primeiras terças-feiras de cada mês haverá reunião no auditório da Subprefeitura Vila Mariana para que os moradores discutam melhorias para o bairro

 

 

Nesta terça-feira (15/01), o Conselho Participativo Municipal da Vila Mariana realiza sua primeira reunião no ano de 2019. A partir de amanhã, das 18h às 19h30, em todas as primeiras terças-feiras de cada mês haverá reunião no auditório da Subprefeitura Vila Mariana (Rua José de Magalhães, 500 – Vila Clementino).
Segundo a Prefeitura, “o Conselho é um organismo autônomo da sociedade civil, reconhecido pelo Poder Público Municipal como espaço consultivo e de representação da sociedade nas 32 prefeituras regionais da cidade”.
Participam do Conselho representantes da sociedade civil eleitos por moradores de cada distrito. Os eleitos devem “exercer controle social, assegurando a participação da sociedade, no planejamento e fiscalização das ações e gastos públicos nas regiões, como também sugerindo ações e políticas públicas nos territórios”.
As pautas da primeira reunião são:
– Aprovação das atas de reunião;
– Divulgação do calendário de 2019 das reuniões ordinárias do Conselho Participativo Municipal da Vila Mariana;
– Apresentação de dados para elaboração do relatório dos trabalhos efetuados pelo Conselho Participativo Municipal em 2018 para disponibilização até a próxima reunião;
– Apresentação do Novo Subprefeito da Vila Mariana, informes e esclarecimentos da subprefeitura;
– Discussão sobre regras de conduta de proprietários de cães em espaços públicos, para melhorar a convivência e segurança com a população;
– Problemas na zeladoria da Praça Nossa Senhora Aparecida, adotada pela empresa Unimed e problemas com relação à publicidade da Unimed na escada rolante do Metrô que altera o nome da Praça;
– Informes Gerais dos conselheiros em exercício.
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.