Moradora de Santo Amaro reclama de lixo e falta de assistência a pessoas em situação de rua

0
74

Segundo a moradora, a situação da Av. Padre José Maria, próximo ao Terminal Santo Amaro é degradante: “muito lixo, resto de marmitas, cheiro forte de fezes, urina, colchões, diversos moradores de rua”. Ela cobra que a Prefeitura faça limpeza e ajude pessoas em vulnerabilidade


Lixo nas ruas, grande quantidade de vendedores ambulantes nas calçadas, pessoas em situação de rua. Essas são algumas das constantes reclamações de moradores de Santo Amaro acerca do Largo 13 de Maio, principal centro de compras do bairro.

Desta vez, uma moradora enviou reclamação especificamente sobre a “degradação”, como ela mesma disse, da Av. Padre José Maria, próximo ao Terminal Santo Amaro.

“No local existe muito lixo, resto de marmitas, cheiro forte de fezes, urina, colchões, diversos moradores de rua, pessoas sujeitas a contrair ou transmitir o vírus [Covid-19] pela precariedade das condições do local”, diz a moradora.

Para melhorar a situação e chamar a atenção da Subprefeitura local para a limpeza, a moradora já fez duas solicitações do Portal 156 sobre varrição e várias solicitações sobre a falta de assistência social da gestão municipal em relação às pessoas em situação de rua que vivem na região.

“Em vão e sem retorno tenho aberto diversos protocolos tanto para melhoria da varrição e limpeza, que a meu ver é inexistente, quanto para lavagem do local diariamente pelo odor insuportável de urina, fezes, vômito etc, resto de marmitas jogadas e azedas. E também para assistência aos moradores de rua, que não vejo no local. Enquanto a prefeitura fecha bares, as 20 horas da noite, não faz a sua lição de casa e Santo Amaro tem uma legião de moradores de rua, invisíveis ao poder público”, finaliza.

Em resposta, a Prefeitura de São Paulo informou que “a Av. Padre José Maria conta com o serviço de varrição diariamente, e somente no ano passado foram coletadas cerca de 6.9 mil toneladas de resíduos de varrição e entulho, na região da Subprefeitura Santo Amaro. Para o descarte correto, os munícipes contam com cerca de 7 mil papeleiras distribuídas pelas vias. Vale ressaltar que o tempo de atendimento das solicitações de varrição em 2017 era de 406 dias. Em 2020, diminuiu para 1 dia”. 

Ainda de acordo com a gestão municipal, “de abril de 2020 a janeiro de 2021, 404 pessoas em situação de rua foram diagnosticadas com a Covid-19. Destas, 32 que estavam hospitalizadas, infelizmente, foram a óbito”.

Pela lei municipal, as equipes da Assistência Social não podem obrigar pessoas em situação de rua a irem para abrigos públicos. Dos 11 protocolos criados pela moradora em novembro do ano passado, a Prefeitura finalizou todos: em 7 ocasiões as equipes da Assistência Social compareceram à Av. Padre José Maria e não encontraram pessoas em situação de rua; em 1 ocasião houve recusa das pessoas em irem para o abrigo e em 3 ocasiões houve encaminhamento para atendimento do serviço assistencial.

“A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS), por meio do Serviço Especializado de Abordagem Social (SEAS), realiza busca ativa para abordar pessoas em situação de rua e oferece acolhimento nos equipamentos da rede socioassistencial. Importante ressaltar que o aceite é voluntário. A equipe do SEAS Santo Amaro monitora diariamente o perímetro da Avenida Padre José Maria, ofertando encaminhamentos para os Centros de Acolhida, almoço e banhos em Núcleos de Convivência e orientações para demanda especificas de documentação. Durante o mês de janeiro, a equipe de SEAS realizou 2.724 abordagens na região de Santo Amaro, desse total 254 foram solicitações de atendimento pela Coordenação de Pronto Atendimento Social (CPAS) e 568 pessoas foram encaminhadas para serviços da rede socioassistencial”, explicou a Prefeitura de São Paulo.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.