Mais de 95% dos idosos da Cora Residencial Senior são vacinados contra a Covid-19

0
38

Não houve recusa dos profissionais de saúde listados a fazer parte do processo de vacinação na instituição. Expectativa é que a 2° dose aconteça no prazo


Com alta taxa de adesão, mais de 95% dos residentes da Cora Residencial Senior das unidades Cora no Tatuapé, Jardins, Ipiranga, Higienópolis e Campo Belo foram vacinados contra a Covid-19. As vacinações das cinco unidades aconteceram simultaneamente no dia 22 de janeiro. Não houve recusa dos profissionais de saúde da Cora listados a fazer parte do processo de vacinação na instituição.

“A Cora vem trabalhando de forma ativa junto aos órgãos de saúde para acelerar o processo de vacinação de toda a sua comunidade contra a Covid-19. Quando fomos informados que o lote da vacina estava a caminho, nós comemoramos, mas também reforçamos com os familiares dos idosos a importância de engajá-los a participarem desse movimento. E, graças aos esforços e mobilização de nossa equipe, que alcançamos uma alta taxa de adesão. Estamos muito felizes em poder fazer a nossa parte na história para a contenção do vírus Covid-19!” afirma a Dra. Ana Catarina Quadrante, coordenadora médica e geriatra da Cora Residencial Senior.

Sra. Luci foi vacinada no Cora Residencial

A mobilização da equipe da Cora junto às famílias aconteceu por meio de comunicados, ligações e ativações proativas assim que a ANVISA aprovou o uso emergencial de doses da Coronavac envasadas pelo Butantan. O mérito também é das autoridades responsáveis pela vacinação, que foram rápidas e eficientes.

“Eu fui tomar a minha vacina de coração aberto, muito confiante. A minha emoção e a minha fé eram tão grandes que nem doeu a picada e eu já saí de lá falando ‘agora nem chega mais perto de mim esse vírus’. E depois da vacina eu criei outro ânimo. Agora, acordo bem mais tranquila – lógico, continuo usando a máscara (eu tiro a minha máscara só no meu quarto) e continuo com a higiene das mãos constantemente. Mas com outro ânimo, pensando: ‘vamos ter um amanhã, ter o dia seguinte’. Depois da vacina você passa a pensar ‘tá ficando mais próximo para a gente poder levar uma vida normal'”, afirma a sra. Luci Nunes, de 77 anos, residente da Cora Residencial Ipiranga.

Segundo documento recebido pela instituição, a priorização de grupos para vacinação de emergência são: profissionais de saúde, os residentes idosos em ILPI (Instituições de Longa Permanência para Idosos) e pessoas com 18 anos ou mais com deficiência (institucionalizadas).

“O primeiro grande passo foi dado. Agora, aguardamos a comunicação oficial dos órgãos oficiais quanto à data da segunda dose” comenta a Dra. Ana Quadrante. Já a sra. Luci afirma: “meu braço já está prontinho para pegar essa segunda picadinha”.

Trajetória

Os residenciais para idosos foram impactados com a pandemia Covid-19 desde os primeiros casos da contaminação pelo novo coronavírus ao redor do mundo e o decreto de pandemia pela OMS (Organização Mundial da Saúde) em 11 de março de 2020.
Quando o vírus chegou ao Brasil, prontamente a Cora criou um Comitê formado pelas lideranças da instituição com foco na implementação e manutenção dos protocolos necessários para proteger os residentes, familiares e colaboradores.

Para entender os cenários encarados ao redor do mundo, foram realizadas troca de melhores práticas com especialistas parceiros na Europa e Brasil, para compreender quais foram os pontos fortes e frágeis na contenção do vírus nos residenciais Brasil afora.
Entre as diversas iniciativas para estimular a segurança de todos, a Cora deu início a divulgação de campanhas de comunicação focadas na conscientização sobre a importância dos protocolos de prevenção, os treinamentos ganharam ainda mais relevância nos processos operacionais por meio de sessões de educação e aplicação de protocolos, com reciclagens periódicas, entre outras ações.

Em números

O rigoroso monitoramento da saúde dos residentes ultrapassou a marca de 3 milhões de aferição dos sinais vitais.

Para conter a sensação de isolamento (devido a restrições de visitas), foram realizadas mais de 8 mil telechamadas dos residentes com seus familiares, teleatendimento com psicoterapeutas, e as atividades de música, conversas e leitura, ainda que adaptadas, em nenhum momento foram suspensas.

Foram realizados mais de 1200 treinamentos para os funcionários.

Sobre a Cora Residencial Senior

A Cora foi criada em 2015 com o objetivo revolucionar o conceito de instituição de longa permanência, rompendo com o antigo modelo de casas de repouso. Atualmente com cinco unidades, está presente em bairros com localizações estratégicas na cidade de São Paulo. Cora é referência em cuidado aos idosos oferecendo equipes de assistência multidisciplinar, estruturas completas, segurança, e socialização para maiores de 60 anos. O atendimento nas unidades diferencia-se por proporcionar cuidado, afeto e atenção profissional para o bem-estar e qualidade de vida dos idosos.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.