Mais de 5 mil moradores da Zona Sul foram internados com Covid-19, até maio

0
229

Como os mapas de óbitos do coronavírus da Prefeitura vem mostrando, os bairros periféricos também são os que acumulam mais casos de internação pela doença. De acordo com a Prefeitura, dos 32.753 casos suspeitos de Síndrome Respiratória Aguda Grave, 13.083 foram diagnosticados com coronavírus


Até o dia 18 de maio, 5.026 moradores da Zona Sul foram hospitalizadas por suspeita ou confirmação de Covid-19. Como os mapas de óbitos do coronavírus da Prefeitura vem mostrando, os bairros periféricos também são os que acumulam mais casos de internação por Covid-19.  

Aconteceram 1 internação em Marsilac, 50 em Moema, 60 na Capela do Socorro, 115 no Campo Belo, 155 em Santo Amaro, 168 no Itaim Bibi, 173 em Campo Grande, 203 em Pedreira, 258 em Cidade Dutra, 398 no Campo Limpo, 408 no Jabaquara, 444 na Cidade Ademar, 477 em Parelheiros, 477 no Grajaú, 494 no Jardim São Luís, 507 no Capão Redondo e 638 no Jardim Ângela.

O Jardim Ângela, apesar de ser o bairro da Zona Sul com o maior número de internações por Covid-19, se tornou referência no tratamento da doença. Em abril, o Hospital do M’Boi Mirim ganhou mais 100 leitos de baixa complexidade para o tratamento de pacientes com coronavírus. “Aqui se torna a maior estrutura da América Latina com leitos exclusivos, dedicados ao coronavírus”, disse o prefeito Bruno Covas.

Até esta quarta-feira (17), a cidade de São Paulo registrou 10.192 casos confirmados do novo coronavírus e 235.037 casos suspeitos. A Secretaria Municipal de Saúde divide os casos notificados em:

• leves: sendo uma síndrome gripal até que o exame seja confirmado

• moderados/graves: sendo uma Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) até a confirmação do exame

De acordo com a série histórica de casos e óbitos notificados de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) feita pela Prefeitura, de 2007 a 2019, os casos ficaram entre 149 e 5.702, porém, em 2020, com o surgimento do coronavírus, já são 22.854 casos de SRAG na cidade de São Paulo.

No entanto, um relatório situacional Covid-19 da Secretaria Municipal da Saúde informa um número maior para casos suspeitos de Síndrome Respiratória Aguda Grave: 32.753. Desse total, 13.083 foram diagnosticados com coronavírus e 29.912 foram hospitalizadas.


FALE COM A REDAÇÃO: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.