Governo de SP determina fechamento de espaços culturais para impedir avanço do coronavírus

0
89

Durante 30 dias, museus, bibliotecas, teatros e centros culturais ficarão fechados e eventos que reúnam mais de 500 pessoas devem ser suspensos, para evitar aglomeração de pessoas e proliferação do contágio


A partir de amanhã (17), museus, bibliotecas, teatros e centros culturais do Estado de São Paulo ficarão fechados por 30 dias, segundo determinação do Governo do Estado, numa tentativa de frear a proliferação do coronavírus evitando aglomeração de pessoas.

O Governo também recomenda a suspensão do funcionamento de teatros, cinemas e casas de espetáculo do setor privado de entretenimento por até 30 dias. “É uma hora de solidariedade, não dependemos apenas de atitudes do Governo”, disse o governador João Doria.

Além de espaços culturais, os 153 Centros de Convivência do Idoso também serão fechados, mas por 60 dias.

Também a partir de amanhã (17), funcionários públicos estaduais que tenham mais de 60 anos vão trabalhar em casa. Apenas profissionais da segurança pública e saúde, com mais de 60 anos, vão trabalhar normalmente.

“O momento exige atenção especial com as pessoas com mais de 60 anos, mais vulneráveis ao coronavírus. As medidas poderão ser revistas ao longo dos próximos dias”, completou o governador.

Na última semana, o governo do Estado também divulgou outras duas medidas de combate ao vírus: todos os eventos que reúnam 500 pessoas ou mais devem ser suspensos, por tempo indeterminado, para reduzir a circulação de pessoas; além disso, as férias dos profissionais da saúde estão suspensas por 60 dias. “As decisões não são fruto de intuição ou decisões políticas. São decisões amparadas em fatos e informações de ordem técnica e se dão em virtude de circunstâncias, números e evidências”, afirmou Doria.

Também foi divulgado que o Governo Federal vai liberar, inicialmente, R$ 92 milhões para que o Governo de SP invista em leitos de UTI e equipamentos para enfrentamento do coronavírus. Dos 1.000 leitos previstos, 600 serão instalados na capital e os outros 400 serão espalhados pelo Estado. Os leitos da capital, inclusive, estarão na Zona Sul: no Hospital Regional Sul, em Santo Amaro.

De acordo com o último balanço divulgado pelo Ministério da Saúde na tarde de hoje (16), o Brasil tem 234 casos de coronavírus confirmados, sendo a maioria no Estado de São Paulo: 152.


FALE COM A REDAÇÃO
Sugestões de pauta, envie email para: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.