Governo de SP abre 20 mil vagas gratuitas em cursos tecnológicos para mulheres

0
4

Com quatro opções de cursos online, as mulheres terão a oportunidade de profissionalização na área de Tecnologia da Informação. As participantes também terão acesso facilitado a programa de crédito


O Governo de São Paulo abriu 20 mil vagas exclusivas para mulheres em cursos online gratuitos na área de Tecnologia da Informação (TI). Cidadãs residentes nos 645 municípios do estado poderão participar dos cursos virtuais e buscar profissionalização na área. As inscrições estão abertas e devem ser realizadas até o dia 4 de setembro.

“São quatro opções gratuitas de cursos com duração de 80 horas. As aulas começarão no próximo dia 14 de setembro e poderão ser feitas remotamente, da própria casa da mulher que se inscrever”, destacou o governador João Doria.

A iniciativa é da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, que viabilizou os cursos por meio do programa SP Tech, com o objetivo de criar oportunidades para que mais mulheres tenham formação na área de TI. Levantamento realizado pela pasta aponta que a procura pelos cursos de tecnologia do SP Tech é baixa entre mulheres. De 30 mil inscritos desde o ano passado, apenas 1/3 é do sexo feminino.

A secretária Patricia Ellen afirma que as mulheres também devem buscar por cursos de qualificação em tecnologia. “Metade da nossa população é composta por mulheres e apenas 1/3 delas preencheram nossas vagas. Precisamos que todas as meninas e mulheres saibam que podem buscar por oportunidades no setor de tecnologia, e, por isso, estimulamos e incentivamos que se inscrevam”.

Para participar dos cursos, as interessadas devem realizar as inscrições no site www.cursosviarapida.sp.gov.br

Podem se inscrever candidatas a partir de 16 anos, alfabetizadas e domiciliadas no estado de São Paulo. Caso o número de inscritas seja superior ao número de vagas, serão priorizadas as pessoas desempregadas, com baixa renda e com deficiência.

A convocação das candidatas ocorrerá por e-mail e a previsão de início das aulas é 14 de setembro. Para receber o certificado, a estudante deve completar a carga horária total do curso e atingir 7,5 de média nas avaliações.

Sobre os cursos

São quatro opções de cursos introdutórios, oferecidos na plataforma da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp). Com duração de 80 horas, que podem ser concluídos em três meses, os cursos são: Lógica de Programação, Banco de Dados, Desenvolvedor Web e Desenvolvedor Mobile.

Todos os cursos oferecem um módulo de empreendedorismo em parceria com o Sebrae, possibilitando acesso a crédito em condições especiais no Banco do Povo. Todas as aulas serão realizadas no formato online, no modelo de Ensino à Distância (EAD), sem que as participantes precisem sair de casa.

Após conclusão dos módulos introdutórios, haverá opções de cursos mais avançados, com matérias conduzidas pela própria estudante. São eles: Ciência de Dados, Desenvolvimento Web/Front-End, Desenvolvimento Web/Back-End e Desenvolvimento Web/Full-Stack. Esses cursos serão oferecidos voluntariamente pelas empresas Alura e Digital Innovation One.

Parceria com o Senac

Além das 20 mil vagas do SP Tech, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico também firmou parceria com o Senac para oferecimento de 500 vagas em cursos avançados, preferencialmente para mulheres. Os cursos são em diversas áreas de TI, com duração de 40 e 200 horas. As aulas virtuais serão ao vivo, com material didático e vinculados a uma unidade fixa do Senac. A preferência é para mulheres que tenham feito os cursos virtuais introdutórios do SP Tech.

As inscrições devem ser feitas até o dia 4 de setembro pelo site www.cursosviarapida.sp.gov.br

A previsão de início das aulas é 14 de setembro.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.