Governo autoriza e restaurantes devem reabrir no dia 6 de julho na capital paulista

0
242

A cidade de São Paulo foi classificada para a fase amarela do Plano SP, em que é permitido abrir bares, restaurantes e salões de beleza. No entanto, a Prefeitura precisa aprovar os protocolos de higiene e o setor gastronômico deve voltar à ativa no dia 6 de julho. Já a quarentena foi prorrogada até o dia 14


O Governo de São Paulo autorizou o avanço da capital paulista para a fase Amarela do Plano São Paulo. Com isso, será permitida a reabertura de bares e restaurantes, porém, com muitas regras de higiene para evitar o contágio pelo novo coronavírus. Atualmente, a capital já pode reabrir lojas de ruas, shoppings e escritórios, por exemplo.

A data de reabertura dos restaurantes ainda não foi acertada porque é necessário que a Prefeitura de São Paulo aprove os protocolos sanitários enviados pelos sindicatos que representam o setor. O Comitê de Saúde do Governo de SP, no entanto, sugeriu que este setor volte a funcionar plenamente apenas no dia 6 de julho e o prefeito Bruno Covas afirmou que aprova a ideia.

“O município vai acatar essa solicitação do centro de contingência. Durante a semana que entra, vai dialogar com setores que agora podem voltar a funcionar na fase 3. Se tudo der certo, assinar os protocolos para que possam aguardar os resultados na sexta-feira (3) da semana que vem”, disse o prefeito.

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes e outras entidades já enviaram sugestões de higiene para a Prefeitura, como por exemplo:

  • música ao vivo está proibido
  • no self service, a fila deve ser demarcada
  • os restaurantes priorizem atendimento com reserva
  • o limite por mesa vai ser de, no máximo, seis pessoas
  • atender apenas 40% da capacidade e 6 horas seguidas
  • os estabelecimentos devem fornecer álcool gel e luvas
  • evitar grupos grandes, como comemoração de aniversário
  • os talheres devem estar embrulhados em plástico ou papel
  • na entrada, um funcionário deve medir a temperatura dos clientes
  • mesas com distância de 2 metros e cadeiras com distância de 1 metro
  • os funcionários devem evitar conversas enquanto estiverem manipulando comida ou utensílios

Com o avanço da cidade de São Paulo para a fase Amarela, o comércio e os shoppings podem ampliar o horário de funcionamento de quatro para seis horas e também aumentar a capacidade de público de 20% para 40%. A quarentena, em todo o Estado, também foi ampliada e segue até o dia 14 de julho.


FALE COM A REDAÇÃO: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.