Estação Campo Belo, na Linha 5-Lilás, recebe portas de segurança nas plataformas

0
370

Segundo a Secretaria dos Transportes Metropolitanos, “a previsão é de que até o final do ano mais 3 estações tenham as portas instaladas: Capão Redondo, Largo Treze e Chácara Klabin”


A Secretaria dos Transportes Metropolitanos (STM) anunciou que a próxima estação, da Linha 5-Lilás, a receber portas de segurança nas plataformas é a Campo Belo.

Os equipamentos já estão em processo de montagem e, segundo a STM, “a previsão é de que até o final do ano mais 3 estações tenham as portas instaladas: Capão Redondo, Largo Treze e Chácara Klabin! E até 2021, todas da Linha 5, operada pela ViaMobilidade”.

A Estação Capão Redondo, apesar de ser a mais movimentada da Linha 5-Lilás ainda não tem portas de segurança porque, como é a estação mais antiga, não tem estrutura suficiente para receber os equipamentos. “Será preciso reforçar a estrutura da plataforma antes de iniciar a instalação”, informou a STM.

Em 2019, o fluxo de pessoas que circularam, diariamente, pela Estação Capão Redondo foi de 80 mil a 104 mil. Já a Estação Alto da Boa Vista, que teve um fluxo de 5 mil a 7 mil pessoas por dia no ano passado, segundo dados da Via Mobilidade, empresa responsável pela Linha, já teve as portas de segurança instaladas neste ano.

As portas de segurança nas plataformas são importantes, principalmente na estações mais movimentadas, para evitar que os passageiros caiam nas vias. No ano passado, as seis linhas de Metrô de São Paulo transportaram cinco milhões de passageiros, em média, nos dias úteis. Em relação a 2018, o aumento foi de 8% no fluxo de pessoas, ou seja, 400 mil novos passageiros.

Após se conectar as linhas 1-Azul e 2-Verde, a Linha 5-Lilás foi a que mais recebeu passageiros: 562 mil pessoas, por dia, no ano passado; sendo 224 mil a mais que no ano anterior.

Atualmente, a Linha 5-Lilás tem apenas uma estação em obras, para expandir o espaço dos passageiros. Segundo a ViaMobilidade, empresa responsável pela linha, as obras de ampliação da Estação Santo Amaro têm “o objetivo de aprimorar a infraestrutura da área de transferência que liga a estação à Linha 9-Esmeralda, da CPTM, para tornar o espaço compatível à atual demanda de público, que cresceu em mais de 90% – de 320 mil para 600 mil passageiros – desde a abertura das últimas estações e conclusão da linha no ano passado”.


FALE COM A REDAÇÃO
Sugestões de pauta, envie email para: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.