Entendendo o Plano Diretor na área de mudanças climáticas e meio ambiente

0
801
Objetivo é viabilizar mais parques em bairros periféricos

Objetivo é viabilizar mais parques em bairros periféricos


A Revisão Intermediária do Plano Diretor Estratégico de São Paulo promoveu ajustes em diversos instrumentos de planejamento urbano da cidade. O novo texto do PDE foi sancionado pelo prefeito Ricardo Nunes no último dia 7 de julho.

No tema ambiental, a nova lei avança no combate às mudanças climáticas após incorporar diretrizes e princípios do Pacto Global das Nações Unidas e seus objetivos de desenvolvimento sustentável da Agenda 2030. O Plano Diretor de 2014 não faz referência à Agenda 2030.  Além disso, a lista de parques propostos para São Paulo foi atualizada e houve o aprimoramento da Transferência do Direito de Construir (TDC) para criação de mais áreas verdes. Vale destacar ainda que o Marco Legal do Saneamento Básico passa a orientar a aplicação da Política de Saneamento Ambiental da cidade e são criadas ações prioritárias para o Sistema de Drenagem.

Para impulsionar a criação de parques em bairros periféricos, é alterado o cálculo do potencial construtivo passível de transferência. A mudança faz com que proprietários de terrenos com valor inferior ou igual a R$2.000/m² recebam um potencial construtivo maior para a doação do terreno para a implantação de parque.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.