Em protesto, motoristas e cobradores fecham mais de 10 terminais de ônibus na capital

0
92

Na Zona Sul, os terminais fechados são: Água Espraiada, Campo Limpo, Capelinha, Jardim Ângela, Santo Amaro e Varginha


Ao menos 14 terminais de ônibus foram fechados nesta quinta-feira (5) em m protesto feito por motoristas e cobradores que reivindicam o recebimento de PLR (participação dos lucros) e são contra a redução de frota e a demissão de cobradores.

Na Zona Sul, os terminais fechados são: Água Espraiada, Campo Limpo, Capelinha, Jardim Ângela, Santo Amaro e Varginha.

A SPTrans informou que “uma manifestação sindical surpresa prejudica a operação dos terminais A. E. Carvalho, Água Espraiada, Bandeira, Campo Limpo, Capelinha, Jardim Ângela, Lapa, Mercado, Parque Dom Pedro II, Pinheiros, Princesa Isabel, Sacomã, Santo Amaro, São Miguel, Sapopemba, Varginha e Vila Carrão. Além dos terminais das estações dos metrôs Barra Funda e Santana. A equipe de fiscalização da SPTrans orienta os passageiros nos terminais e permanece monitorando a operação das linhas a fim de auxiliar a população”.

Em nota, o Metrô orienta os passageiros a se informarem com a SPTrans antes de realizem suas viagens, para não serem surpreendidos com as estações anexas aos terminais fechadas.

O fechamento dos terminais afeta também o trânsito na capital: os principais corredores de ônibus, como a Av. 23 de Maio, a Av. 9 de Julho e a Rua da Consolação estão com ônibus parados.


FALE COM A REDAÇÃO
Sugestões de pauta, envie email para: reportagem@gruposulnews.com.br

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.