11.4 C
São Paulo
sábado, 21 maio, 2022
Mais

    Capela do Socorro tem novo subprefeito

    Mais lidas

    O novo gestor da região é morador de Cidade Dutra e já foi subprefeito de Santo Amaro


    Desde o início deste mês de abril, a Subprefeitura Capela do Socorro tem um novo subprefeito. É o engenheiro civil Valderci Malagosini Machado, que substitui João Batista de Santiago, que dirigiu a Subprefeitura desde 2017, no início desta gestão. Valderci não é novo no setor: tem experiência no serviço público.

    Valderci Malagosini Machado Subprefeito de Santo Amaro entre 2013 e 2015

    Valderci Malagosini Machado, nascido em 9 de novembro de 1967, em Alvinlândia – SP, é engenheiro civil, formado em 1994 pela Faculdade de Engenharia São Paulo, especialista em estruturas planas (lajes) e alvenarias estruturais. Começou como office-boy aos 16 anos, fundou uma empresa aos 18 e hoje é empresário do setor de artefatos de concreto (construção civil).

    No setor público, foi secretário de Obras do município de Embu-Guaçu – SP (que está inserido 100% em áreas de mananciais – o que é de especial proveito na Subprefeitura, toda inserida na mesma área), e chefe de Gabinete e Subprefeito de Santo Amaro entre 2013 e 2015.

    Também foi Presidente da Associação Empresarial da Região Sul (AESUL) e participou ativamente na elaboração do Plano Diretor Regional das Subprefeituras Capela do Socorro e Parelheiros, e também na Lei Específica do Guarapiranga. Desde 1993, Valderci é morador do distrito de Cidade Dutra, na Capela do Socorro.

    Troca-troca em Subprefeituras da Zona Sul

    No dia 11 de março, o prefeito Bruno Covas exonerou nove subprefeitos da capital paulista, sendo quatro na Zona Sul: Arnaldo Faria de Sá, no Jabaquara; Claudete Pereira da Silva, no Campo Limpo; Rita de Cassia Correa Madureira, no M’Boi Mirim; e João Batista de Santiago, na Capela do Socorro.

    Parte das exonerações aconteceram porque alguns dos ex-subprefeitos pretendem participar das eleições municipais de 2020, concorrendo ao cargo de vereadores. A janela eleitoral os obrigou, então, a deixar qualquer cargo público até o último dia 03/04, para fazer filiação partidária.


    FALE COM A REDAÇÃO: reportagem@gruposulnews.com.br

    - Patrocinado -

    Leia mais

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    - Patrocinado -

    Últimas