1º Encontro da Maçonaria Sem Fronteiras reúne mais de 1.000 pessoas

0
752

Evento promovido pelo Grande Oriente de São Paulo , em parceria com o Instituto de Lideranças Empresariais de São Paulo, aconteceu na Catedral Anglicana, em Santo Amaro

 

O Grande Oriente de São Paulo (GOSP), em parceria com Instituto de Lideranças Empresariais de São Paulo (ILESP), realizaram no último dia 11 de março, o 1º Encontro da Maçonaria Sem Fronteiras. “A Maçonaria Sem Fronteiras serve para que nós, junto com a sociedade, façamos um trabalho que possa elevar o nosso país”, contou o Grão Mestre, Kamel Aref Saab.
O assessor do Sereníssimo Grão Mestre, Alexandre Oliver Gaspar Pompeu, explicou que “esse encontro envolveu pessoas de outros países e foi uma oportunidade de conhecer um pouco da maçonaria e do trabalho desenvolvido”.
Com mais de 1.000 convidados, a sessão magna pública aconteceu na Catedral Anglicana de São Paulo e reuniu autoridades maçônicas, das Forças Armadas, Polícia Militar e Civil, além de representantes do poder executivo e legislativo.
“Para Jesus, não tem placa nem CNPJ. Não tem maçonaria, não tem evangélico, não tem católico, não tem protestante, não tem nada. Tem pessoas do bem. Bem aventurados aqueles que fazem o bem. É uma honra para a Catedral Anglicana de São Paulo ceder esse espaço para um evento do bem, para fazer caridade para as pessoas”, contou o Reverendo Aldo Quintão.
Para João Guilherme da Cruz Ribeiro, Grande Sacerdote do Supremo Grande Capítulo do Real Arco, “o GOSP encontrou gente corajosa para tomar uma atitude que já deveria ter sido tomada há muito tempo, por muita gente, no Brasil inteiro”.
“Lembrar o passado será fundamental sempre. Mas, sem sombra de dúvida, projetarmos o futuro através de hoje”, disse o Grão Mestre da Grande Loja Maçônica do Rio Grande do Sul, Tadeu Gomes Xavier.
O Coronel Alexandre Marcos de Oliveira, Comandante de Policiamento do CPAM10, contou que “a aproximação e o apoio das lojas maçônicas faz com que os programas de prevenção primária da PM possam se aproximar mais de diversos setores da comunidade”.
“É uma aproximação da maçonaria com outras potências maçônicas e isso é muito importante no sentido de incutirmos na sociedade o rumo que hoje o país tanto almeja”, disse Brasil Costa Junior, presidente da PAEL.
O Eminente Irmão, Raimundo Hermes Barbosa, explicou que “a Maçonaria Sem Fronteiras envolve as três potências maçônicas que é o Grande Oriente São Paulo, A Grande Loja São Paulo e o Grande Oriente Paulista, e esse projeto vai ao encontro da sociedade, ou seja, a maçonaria, que é somente discreta, sai do seu casulo e vai para junto da sociedade para desenvolver um trabalho em conjunto, em prol da educação, da família, em prol dos valores morais e éticos de toda a sociedade brasileira”.
O grande homenageado da noite foi o Excelentíssimo Senador da República, Major Sergio Olímpio Gomes, que recebeu a medalha comenda Joaquim Gonçalves ledo e também recebeu a comenda do ILESP. “Esse evento de hoje não é importante só para a maçonaria, é importante para a sociedade brasileira. Esse movimento, a Maçonaria Sem Fronteiras, não tem que ter divergência entre irmãos, tem que ter o pensamento convergente exatamente nos princípios e ideários maçônicos, para uma sociedade melhor, mais justa, em que se respeita a cidadania, o civismo, as leis, a família. Esse movimento foi maravilhoso”, completou o Major Olímpio.
“Nós tivemos aqui autoridades civis, militares e eclesiásticas para que fizéssemos o congraçamento entre a maçonaria e a sociedade. Esse foi o encontro que organizamos e o ILESP convidou as três potências e autoridades maçônicas, civis, militares e parlamentares”, finalizou o presidente do ILESP, Mário Mariano Machado.
Além do Major Olímpio, outras personalidades ilustres da sociedade foram homenageadas pela sua representatividade dentro da sociedade civil e militar.
“A maçonaria é uma instituição que tem um grande prestígio e ser homenageado por ela é um presente, quase no fim da vida”, contou Alencar Burti, presidente da Associação Comercial de São Paulo.
“Essa coisa de você estar sempre trabalhando com pessoas importantes e que tem uma referência na sociedade, hoje que a gente tem perdido tantas referências, é muito importante. Eu me sinto muito feliz e honrado em estar aqui”, disse o vereador Ricardo Nunes.
“A gente tem certeza que é uma potência muito forte, mas todas reunidas nesse evento mostram toda a força da maçonaria”, falou o vereador Rodrigo Goulart.
O deputado estadual Coronel Telhada também foi homenageado e parabenizou a maçonaria pela ação. “Primero quero agradecer pela homenagem e também parabenizar pela solenidade que congregou todos os cidadãos. Essa união que vai fazer com que o Brasil cresça cada vez mais”.
Para finalizar, o Conselheiro da Presidência da Fundação de Rotarianos de São Paulo, Michel Bernard Claude Lairé, prestou uma homenagem ao Grão Mestre do GOSP, Kamel Aref Saab.
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.