‘Vinho na Vila’ trouxe degustação de renomadas marcas nacionais no Parque Burle Marx

0
2282

Degustadores puderam viajar em diversos aromas, texturas, cores e sabores com luxuosas opções de vinho


No último final de semana (6 e 7), o Parque Burle Marx foi palco do renomado evento “Vinho na Vila”, pelo 6º ano de eventos, o parque localizado na nossa Zona Sul, abriu sua área verde área uma degustação de vinho de tirar o chapéu!

Conversando com os sommeliers que apresentaram diversas marcas renomadas no cenário nacional e internacional, é de comum endereço que todas as produções venham da região Sul, principalmente nas proximidades de Bento Gonçalves, Farroupilha e Campanha Gaúcha, nas cidades que fazem divisa com o Uruguai.

A Maíra, sommelier da Dunamis, explica que as safras da vinícola na Campanha Gaúcha foi totalmente premiada, sendo um sucesso entre os degustadores no sábado. “O Vinho tinto Tannat vendeu 60 unidades, esgotando e não deixando nenhuma unidade para o domingo”, comemora!

Um dos destaques foi o Vinho Cave Antiga Licorosso 1999 (Vinícola Cave Antiga), que amadureceu em barricas de carvalho por 10 anos e harmoniza muito bem com sobremesas. Já a vinícola Miolo reservou para os degustadores o Seleção Rosé, feito com as uvas Cabernet Sauvignon e Tempranillo, eleito o melhor rosé do mundo em 2019!

O teor alcoólico ganhou outros significados no marcante ano de 2018 para as safras de uvas, conforme explicou Maíra: Temos o Tannat com 16% de teor alcoólico, como no sul costuma ter calor de manhã e frio a noite, as uvas vão ficando muito maduras. A legislação brasileira, até 2018, determinava teor de até 14,5%. Só que em 2018 tivemos uma safra muito histórica! Maturando as uvas com 16%, mudando a legislação e criando o ‘vinho nobre’ com esse teor mais alto”, explica e completa: “É histórico porque você nem sente o gosto do alto teor alcoólico com toda sua maciez na boca. É divino!”

E há os rótulos que te conquistam pela história! “O vinho Don Guino, da Vinícola Villagio Conti, é uma homenagem do produtor Humberto Conti ao irmão Guino. Quando estava abrindo a vinícola, Guino acabou por morrer do coração. Portanto, o sucesso de sabor da safra criada por ele foi batizado com o nome Don Guino. Onde no rótulo, em estilo barroco, as duas crianças são eles mesmos!, explica o sommelier Beto Bebliomini.

Vinho em homenagem ao irmão é o segundo, o ‘Don Guino’. Na foto todas as opções de degustação e compras da Vinícola Villagio Conti

SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.