Trecho da Ciclovia do Rio Pinheiros, na Vila Olímpia, recebe iluminação inteligente

0
3

A iniciativa faz parte do projeto Urban Futurability, da Enel, que pretende transformar a Vila Olímpia em um bairro digital e sustentável. Agora, a Enel e o Governo de São Paulo querem instalar mais lâmpadas inteligentes nos outros 13 quilômetros da ciclovia e ainda estudam implantar também wifi público, sensores e câmeras


Um trecho da ciclovia do Rio Pinheiros, na região da Vila Olímpia, recebeu a instalação de 130 pontos de iluminação inteligente, tornando o local como a primeira ciclovia do país a ter esse tipo de tecnologia.

“Essa iniciativa integra o projeto Urban Futurability, que consiste em transformar a Vila Olímpia em um bairro digital e sustentável, no qual investimos mais de R$ 125 milhões por meio de recurso de Pesquisa e Desenvolvimento da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). A iluminação da ciclovia reforça o compromisso do grupo Enel em trazer para a cidade de São Paulo o que há de mais inovador no setor elétrico global, oferecendo novos produtos e um serviço de melhor qualidade para os seus consumidores”, disse Max Xavier, presidente da Enel Distribuição São Paulo.

Agora, a Enel e o Governo de São Paulo querem instalar mais lâmpadas inteligentes nos outros 13 quilômetros da ciclovia e ainda estudam implantar também wifi público, sensores e câmeras com a empresa Enel X.

“Sem onerar o Estado, nós estamos implementando novas áreas de lazer e esportes ao longo das margens do Pinheiros para que as pessoas ocupem estes espaços e tenham uma nova relação com este rio tão importante para a cidade de São Paulo. A nova iluminação aumentará a segurança dos frequentadores”, disse Marcos Penido, secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente.

A ciclovia da Marginal Pinheiros foi revitalizada e entregue à população em dezembro do ano passado. A área da ciclofaixa é de responsabilidade da CPTM e está sob gestão da empresa Farah Services, que implementou melhorias como novas sinalizações de pontos, placas de orientações, guaritas de alvenaria com banheiro e ar condicionado. O asfalto mais danificado foi refeito, além da retirada de lombadas para garantir a acessibilidade a bicicletas adaptadas para pessoas com deficiência.

“São R$ 4 bilhões em investimentos do Governo do Estado de São Paulo, são recursos dos impostos que contribuem para a despoluição e limpeza do rio Pinheiros. Quero reafirmar que, até dezembro de 2022, o rio Pinheiros estará limpo e despoluído. Já estamos trabalhando há um ano e meio, principalmente a Sabesp com a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente. São mais de 61 mil obras pequenas, médias e grandes em torno do rio Pinheiros”, afirmou o Governador João Doria.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.