Tentativa de assalto na Zona Sul termina em perseguição policial e um homem morto

0
94

Um grupo tentou assaltar uma casa em Indianópolis e foi perseguido pela Polícia durante 15 km, até a Vila Andrade. No mesmo dia, já na região do Campo Limpo, uma mulher foi morta na porta de casa quando um policial atirou contra um suspeito


Na madrugada do último domingo (7), um bandido morreu e outros três ficaram feridos durante uma troca de tiros com a Polícia Militar, depois que tentaram assaltar uma casa no bairro de Indianópolis, na Zona Sul da capital.

O assalto, no entanto, não foi concluído. A Polícia chegou a tempo e prendeu dois homens. Para capturar o resto do bando, a PM iniciou uma perseguição que durou por 15 km, até o bairro da Vila Andrade.

Os bandidos estavam divididos em dois carros. Quando a Polícia alcançou um dos veículos, os dois homens saíram do carro para fugir a pé. Um deles foi baleado no tórax e no braço. Ele foi socorrido e não resistiu. O outro foi preso quando entrou em uma casa.

Os bandidos no outro carro conseguiram escapar. De acordo com a Polícia, nenhum PM se feriu.

Também no domingo (7), durante a tarde, uma jovem de 19 anos foi morta por um policial militar na porta de sua casa, no bairro do Jardim Rebouças, distrito do Campo Limpo.

Mara Oliveira de Lima estava sentada na porta de casa quando PMs chegaram atrás de um suspeito. De acordo com a família da vítima, um policial desceu do carro e atirou contra o suspeito, porém, o tiro atingiu Mara.

Ela foi levada para o Hospital do Campo Limpo, mas não sobreviveu. Ela deixou um filho de três anos.

“Quando eu apareci na porta, ela ‘tava’ sentada com a mão na barriga. Eu saí correndo e fui chamar minha mãe. Eu cheguei gritando ‘mãe, os policiais atiraram na Mara’ e minha mãe saiu correndo e aí levaram ela pro hospital. E a gente vai falar o que pro meu sobrinho? O que aconteceu com a mãe dele? Ele vai perguntar da mãe dele e a gente vai falar o que?”, explica Marina Oliveira, irmã da vítima.

A Polícia Militar informou que “lamenta profundamente a morte de uma mulher atingida durante ação no Campo Limpo”.

Sobre a operação, a Polícia disse que “policiais avistaram um suspeito na Rua Cinco Irmãos. No momento da abordagem houve um disparo de arma de fogo de um dos componentes da equipe, que atingiu a mulher, que foi imediatamente socorrida pela própria equipe ao Hospital Campo Limpo, porém não resistiu aos ferimentos. O caso também será registrado no DHPP. A Polícia Militar se solidariza com a família da jovem vítima e presta todo apoio necessário”.

O PM que efetuou o disparo foi preso em flagrante.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.