Subprefeitura Santo Amaro está sob nova direção

0
6

Os mais de 230 mil moradores de Santo Amaro, Campo Grande e Campo Belo estão agora sob o comando de Maria de Fátima Marques Fernandes, que tem uma experiência de mais de 30 anos no serviço público


Em março deste ano, o prefeito Bruno Covas promoveu mudanças na administração das Subprefeituras da cidade de São Paulo e trocou 20 dos 32 subprefeitos.

Essa atualização no comando das Subprefeituras gerou quatro mudanças na Zona Sul:

Santo Amaro: Maria de Fátima Marques Fernandes
Cidade Ademar: Renato Galindo Jardim Da Silva
Jabaquara: Tiago de Almeida Machado
Capela Do Socorro: Renan Marino Vieira

Os mais de 230 mil moradores de Santo Amaro (que inclui os bairros de Campo Grande e Campo Belo), estão agora sob o comando de Maria de Fátima Marques Fernandes, que tem uma experiência de mais de 30 anos no serviço público.

Formada em Psicologia, a nova subprefeita já foi coordenadora de Assistência Social e Desenvolvimento na Subprefeitura de Cidade Tiradentes, Secretária Especial de Relações Sociais e, recentemente, atuou como subprefeita no Jabaquara.

Apesar de ter trabalhado na Zona Sul e morar na região, a nova subprefeita admite que não conhece Santo Amaro e se mostra confiante com o desafio. “Estou começando a me familiarizar com as pessoas e organizações. Eu não faço política sozinha, não trabalho sozinha. Vou vendo o que é mais importante para melhorar”, diz Maria de Fátima.

Entre as melhorias que a população mais cobra à gestão municipal, o comércio popular e ilegal do Largo 13 de Maio é reclamação constante. Segundo a subprefeita, “a gente tem uma equipe de fiscalização que combate isso de segunda a segunda. Mas é difícil… a fiscalização passa, eles [ambulantes] saem e voltam. Já existe um plano especifico de fiscalização para combater ambulante”.

Em seguida, poda de árvores e conserto de buracos seguem no topo da lista de queixas no Portal 156 da Prefeitura. Em Santo Amaro não é diferente… Na última semana, por exemplo, moradores ficaram indignados com o corte de uma árvore centenária dentro de um condomínio privado, sendo que outras árvores na região precisam de poda por oferecer reais riscos à população.

“Eu acompanhei o protesto e fui atrás. A árvore teve uma autorização da Secretaria do Verde. A Subprefeitura Santo Amaro também autorizou porque o órgão maior permitiu primeiro. Mas a gente está tentando minimizar a questão da poda. Estamos trazendo um novo engenheiro agrônomo qualificado que foi funcionário da Secretaria do Verde e Meio Ambiente”, relata.

Sobre a pandemia da Covid-19, Maria de Fátima acredita que “a pandemia trouxe várias necessidades e a necessidade do comercio é reabrir. O fechamento das lojas se dá pela não conscientização e aglomeração”. E afirma que quer “fazer um bom trabalho pela população” durante sua gestão em Santo Amaro.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.