SP lança app de voluntariado para aproximar cidadãos e entidades assistenciais que precisam de auxílio

0
108

A ideia é que o cidadão seja mais solidário e ofereça ajuda, seja como voluntário, com doações ou oferecendo oportunidades de trabalho, a uma instituição não-governamental localizada perto de sua casa


“São Paulo Mais Humana” é o nome do aplicativo que o Governo de SP criou para desenvolver o voluntariado no Estado. A ideia é que o cidadão seja mais solidário e ofereça ajuda, seja como voluntário ou doações, a uma instituição não-governamental localizada perto de sua casa.

“Há anos venho trabalhando com especialistas na área do serviço social, voluntariado, filantropia e desenvolvimento tecnológico na busca por uma solução prática que facilite a cultura de doação e engaje mais a sociedade. O resultado se materializa com o lançamento da ‘São Paulo Mais Humana’, que em formato de aplicativo conecta pessoas e empresas a entidades beneficentes de forma simples, rápida e eficaz”, explicou o Presidente do Fundo Social, Filipe Sabará.

O aplicativo, assim como o site (www.saopaulomaishumana.sp.gov.br), utiliza o sistema de geolocalização, em que o usuário pode definir um raio de busca, com variação de 1 a 50 km do endereço indicado, para localizar uma instituição dentro dessa área.

Após definir uma localização, é preciso selecionar a causa em que o usuário pretende se engajar. As opções são diversas: Crianças e adolescentes, Idosos, Mulheres, Pessoas com deficiência e Pessoas em situação de rua.

Então, o usuário escolhe se pretende ajudar como voluntário, com doações ou oferecendo vagas de trabalho para jovens e adultos atendidos pelas mais de 16 mil entidades cadastradas no Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo.

Para finalizar a entrada nesta rede de solidariedade, o cidadão preenche um cadastro e aguarda o retorno da ONG selecionada.

“A plataforma é uma importante ferramenta de integração social para conectar pessoas e empresas que desejam fazer o bem, ser solidárias. O objetivo principal é estreitar a relação do cidadão que quer ser um doador com a entidade que precisa do voluntariado”, disse André Arruda, Presidente da Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo, responsável pela criação do app.


FALE COM A REDAÇÃO
Sugestões de pauta, envie email para: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.