Sesc SP promove mais de 120 atividades sobre alimentação

0
456

Na capital, Grande São Paulo, interior e litoral paulista, programação oferece ações gratuitas e para todas as idades


Entre 16 e 29 de outubro, todas as unidades da rede Sesc São Paulo serão palco de mais de 120 atividades que compõem a programação da sétima edição do Experimenta! Comida, Saúde e Cultura (sescsp.org.br/experimenta),açãoque, desde 2017, tem consolidado junto ao público a compreensão de que alimentação vai muito além da nutrição e que envolve aspectos como saúde, cultura, meio ambiente e outras questões socioeconômicas.

“O acesso regular e permanente a uma alimentação adequada e saudável é um direito humano básico, mas para além dos aspectos biológicos, outras características constitutivas dos sujeitos devem ser consideradas ao se pensar as diversas dimensões da alimentação, que envolvem também os significados culturais, sociais e econômicos que os constroem”, explica Danilo Santos de Miranda, diretor do Sesc São Paulo. “Por meio de uma programação pautada na promoção do Direito Humano à Alimentação Adequada, o Experimenta! Comida, Saúde e Cultura convida os públicos a pensar a comida para além de seus nutrientes, além de estimular a prática autônoma frente as escolhas alimentares, reforçando assim o compromisso institucional em contribuir para a melhora da qualidade de vida, por meio da educação não formal”, completa Miranda.

Transdisciplinar, a edição 2023 aborda o comer para além do prato em uma perspectiva integradora e em diálogo com diversos campos de conhecimento, desenvolvida por meio de sete eixos: Comer é cultura; A saúde está na mesa; Diversidade no prato: sabores da natureza; Aqui se planta, aqui se come; Se está na época, tem na feira; Cozinhar é preciso; e Conexão comida.

Por meio de oficinas, palestras, vivências e rodas de conversa, entre outras ações, nutricionistas, chefs, cozinheiros, estudiosos da cultura culinária, produtores e coletivos agrícolas colocarão em pauta temas que reafirmam a necessidade de conscientização para os benefícios, individuais e coletivos, da alimentação adequada e saudável.

As atividades do Experimenta! Comida, Saúde e Cultura abordam os alimentos em uma perspectiva que também corrobora com as realizações em torno de 16 de outubro, o Dia Mundial da Alimentação, data de abertura do evento, que terá início com duas atividades interativas no Sesc Carmo.

Das 17h às 18h30, será realizada a vivência Comida como Arte | Comida como Afeto. Conduzida pelo coletivo Paulestinos e os artistas Raul Zito e Lau Guimarães, a ação evidencia ao público o quanto a memória afetiva está diretamente ligada à alimentação, o que faz da comida uma expressão de cultura e identidade, com ambientação do Ateliêr Cenográfico.

No restaurante do Sesc Carmo, às 19h, por meio da performance Comer é Arte, uma vivência artística sensorial com degustação-experiência, o ator e gastrônomo Murilo Góes, do Projeto Macunaíma, a atriz e psicóloga Paula Ceatto e o diretor cênico e artístico Gê Viana, do Clã Arte e Studio, abordam conceitos presentes na edição 2023 do Experimenta! Comida, Saúde e Cultura.

Outros destaques da programação na capital e Grande São Paulo

SESC AVENIDA PAULISTA

bate-papo

Comida política: agroecologia e orgânicos contra o domínio dos ultraprocessados

Roda de conversapromove uma discussãosobre como a agroecologia e o aumento da produção de orgânicos pode atingir um patamar que faça frente ao avanço do consumo de ultraprocessados. A atividade reúne integrantes da Cooperativa Terra e Liberdade, o nutricionista José Carlos, idealizador do perfil “onutrifavelado” e tem mediação da equipe do site de jornalismo investigativo O Joio e o Trigo.

18/10, quarta, das 19h às 21h. Praça.

Acessibilidade: libras.

Sem retirada de ingressos.

feira

Produtos orgânicos e agroecológicos

Nesta feira de orgânicos e agroecológicos, são apresentados produtos oriundos do cinturão verde da cidade de São Paulo e de cooperativas quilombolas do Vale do Ribeira. A ideia é tornar acessíveis alimentos frescos, de qualidade, livres de agrotóxicos, e apresentar novas possibilidades de produção de alimentos e organização social.

21 e 22/10, sábado e domingo, das 11h às 17h. Praça.

Sem retirada de ingressos.

SESC 14 BIS

oficina

Comida quilombola e o Quilombo Saracura

Pesquisadora da comensalidade de quilombos remanescentes do Estado de São Paulo, a chef Aline Guedes ministra a oficina, no Sesc 14 Bis. Na atividade, desenvolvida com a egbome Jennifer de Xangô, os participantes conhecerão a cozinha, os hábitos alimentares e as estratégias de preservação do Quilombo Saracura, localizado no Bixiga.

29/10, domingo, das 11h às 13h. Espaço Múltiplo Uso – 1° Andar.

Sem retirada de ingressos.

SESC 24 DE MAIO

palestra

Fome de Brasil – Ruth Guimarães e os saberes originários.

Apresentada pela nutricionista Rafaela Vianna, o chef Vitor Pompeu e a jornalista Mariana Barros, a atividade tem como foco a culinária caipira, presente em Contos Índios, e crioula, retratada em Contos Negros, obras da autora Ruth Guimarães. Com degustação, a palestra traz uma reflexão sobre a importância dos vestígios das culturas indígena e crioula do Vale do Paraíba.

19/10 e 26/10, quintas, das 19h30 às 21h. Comedoria.

Retirada de ingressos com 30 minutos de antecedência.

oficina

O livro de receitas como obra histórica e literária

A proposta desta atividade é promover uma reflexão sobre o livro de receitas como obra literária que ultrapassa os limites da peça de utilidade na cozinha. A oficina mostra como surgiu o livro de receitas, quais são os itens obrigatórios que os compõem, tipos de livros, categorias e mercado editorial. Ao final da atividade, o participante saberá como escrever um livro de receitas.

Com a jornalista Maria Cláudia Gavioli.

18/10, 20/10, 25/10 e 27/10, quartas e sextas, das 15h às 16h30. Varanda Oficinas.

Inscrições On-line* ou Central de Atendimento.

oficina

Da feira para mesa

A partir de uma banca montada com frutas e legumes, as crianças realizam suas compras (com sacolas reutilizáveis e dinheiro de brincadeira). Depois, executam o preparo de um biscoito de banana e um suco de maracujá com ora-pro-nóbis. Enquanto os biscoitos assam, os pequenos fazem experimentação às cegas e tentam adivinhar qual é a fruta/ legume que estão provando.

Com a nutricionista Jessica Batista.

21/10, sábado, das 11h às 12h30 e das 14h às 15h30. Sala 3 Oficinas.

Retirada de ingressos com 30 minutos de antecedência.

SESC BELENZINHO

bate-papo

Comer para preservar

Neste encontro, são abordados como as Pancs (plantas alimentícias não convencionais) e os vegetais afrodiaspóricos podem ser uma forma de alimentação saudável decolonial. Com a nutricionista Bruna de Oliveira e a bióloga Renata Sirimarco.

18/10, quarta, das 19h às 21h. Oficina 3.

Retirada de ingressos com 1 hora de antecedência.

bate-papo

Comida, saberes e tecnologias ancestrais africanas e afro-brasileiras

Os povos africanos conhecem técnicas de agricultura, meteorologia, manufatura de ferramentas e instrumentos desde muito antes da diáspora. Neste bate-papo, o público aprende como as habilidades, conhecimentos e tecnologias africanas contribuíram na formação da culinária brasileira. Com a pesquisadora Lourence Alves.

25/10, quarta, das 19h às 21h. Oficina 3.

Retirada de ingressos com 1 hora de antecedência.

SESC BOM RETIRO

oficina

Formas e Sabores da Colômbia

A proposta desta oficina é oferecer uma experiência lúdica de dois preparos de comida colombiana. Com ingredientes ancestrais da América Latina, sendo o milho e a mandioca os principais insumos, permite que as crianças descubram que é possível fazer deliciosos “antojos” (pequenas comidas) com simplicidade e sem recorrer aos ultraprocessados. Com Patrícia Russo e Rubén Dario, proprietários do Café Colombiano.

21/10, sábado, das 10h30 às 12h e das 13h às 14h30. Sala de Oficinas 1.

Retirada de ingressos com 30 minutos de antecedência.

SESC CAMPO LIMPO

bate-papo

Mulheres e cozinhas potentes

Nesta conversa, será abordado o uso de alimentos de origem orgânica e agroecológica em receitas que valorizam ingredientes nativos. As chefs falam sobre comida afetiva e a importância do desenvolvimento dos produtores e comércios locais, e ainda sobre o combate à fome e ao desperdício.

Com as chefs Tia Nice e Marlene Pereira.

21/10, sábado, das 15h às 16h30. Tenda de Convivência.

Acessibilidade: libras. Sem retirada de ingressos.

vivência

Um dia de comer: visita aos pontos gastronômicos da Zona Sul

Experimentação e apreciação de comidas e bebidas que valorizam a história e a cultura das regiões do Campo Limpo e Parelheiros, permitindo aos participantes dialogarem com a tradição, forma de cultivo e preparação dos alimentos. Os pontos visitados foram criados por mulheres empreendedoras.

Com as chefs Tia Nice e Marlene Pereira.

28/10, sábado, das 7h30 às 17h30. Ponto de encontro no Sesc Campo Limpo.

Inscrições On-line* a partir de 23/10 ou na Central de Atendimento.

SESC CARMO

vivência

Saberes da cultura alimentar quilombola: teoria, prática e degustação

Esta aula de experimentação apresenta saberes da cultura alimentar quilombola, com proposta de conscientizar e preservar essa cultura, além de promover uma reconexão com a ancestralidade. Os participantes podem degustar alimentos da diáspora africana. Com a chef Aline Guedes.

18/10, quarta, das 18h às 20h30. Espaço Múltiplo Uso – 1° Andar.

Inscrições On-line* ou na Central de Atendimento. 

oficina

Experimenta cozinhar: memórias e cultura alimentar

O chef Rodrigo Oliveira e a historiadora Adriana Salay apresentam a oficina, uma roda de conversa sobre a comensalidade e o afeto intrínseco ao ato de cozinhar, compartilhando visões sobre a importância de preservar a cultura alimentar e valorizar os ingredientes frescos no preparo das refeições.

23/10, segunda, das 18h às 19h30. Restaurante Térreo.

Retirada de ingressos com 1 hora de antecedência.

vivência

Degustando o Brasil

Farinha de mandioca, farinha de milho, biju, granulada, d’água, Cruzeiro, copioba, uarini… O que elas contam sobre o Brasil? Como são feitas? Como podem ser preparadas? Nesta atividade, o público é levado a uma viagem por sabores únicos do país, conhecendo e provando farinhas e gorduras tradicionais da cultura brasileira. Inclui aula demonstrativa de farofas e degustação. Com o chef e pesquisador Max Jaques.

24/10, terça, das 18h30 às 20h30.

Espaço Múltiplo Uso – 1° Andar.

Inscrições On-line* ou na Central de Atendimento. 

CINESESC

Wapu, o açaí dos Wayana, de André Lopes e Tyna Apalai Wayana

Dir.: André Lopes e Tyna Apalai Wayana. Brasil, 2017, 29 min, Livre. 

O filme tem como personagem principal o açaí e mostra como cotidiano, ritual e música estão interligados no passado e no presente. As imagens e sons deste vídeo foram captados por jovens Wayana em julho de 2015 na aldeia Suwi-Suwi Mïn, Terra Indígena Rio Paru d’Este (Pará, Brasil).

16/10. Cinema em Casa. Acesso na Plataforma Sesc Digital.

Aguyjevete Avaxi’i, de Kerexu Martim

Dir.: Kerexu Martim. Brasil, 2023, 20 min, Livre. 

O documentário celebra a retomada do plantio das variedades do milho tradicional do povo Guarani M’bya na aldeia Kalipety, onde antes havia uma área seca e degradada, consequência de décadas de monocultura de eucalipto. Considerado como um dos verdadeiros alimentos que os seres divinos possuem em suas moradas celestes, o milho passa por rituais e bênçãos desde o plantio até a colheita. 

16/10. Cinema em Casa. Acesso na Plataforma Sesc Digital.

SESC CONSOLAÇÃO

feira

Feira agroecológica e práticas sustentáveis

Nesta feira, estão disponíveis frutas, legumes e verduras agroecológicas de três assentamentos da Grande São Paulo, além de diversos produtos beneficiados da reforma agrária provenientes de todo o Brasil. Com agricultores da Cooperativa Terra e Liberdade.

19/10, quinta, das 11h às 15h. Entrada do Teatro Anchieta.

Sem retirada de ingressos.

oficina

Agro(ecologia) é prosa! Chucrute!

Durante a Feira Agroecológica, ocorre esta oficina que mostra a técnica de fermentação natural do repolho, método de conservação cheio de história. Com a técnica em nutrição Sabrina Ramos Leite.

19/10, quinta, das 12h às 13h. Entrada do Teatro Anchieta.

Sem retirada de ingressos.

SESC FLORÊNCIO DE ABREU

oficina

Enegrecer a culinária – sabores ancestrais afro-brasileiros

Bate-papo sobre doçaria afro-brasileira, doces de tabuleiro e comércio de rua com receitas e degustação. A aula aberta valoriza o trabalho das mulheres que se dedicam à cozinha e ao culto de matriz africana: baianas do acarajé, mulheres de tabuleiro e quitandeiras. Com a equipe do restaurante Kitanda das Minas.

23/10, segunda, das 13h às 16h. Atividade externa. 1º andar da Casa Preta Hub – Av. Nove de Julho, 50, Bela Vista. Inscrições On-line* a partir de 09/10.

oficina

Preamar, impressões sensoriais do Ver-o-Peso

A proposta desta oficina é oferecer um caminho sensorial pelo mercado Ver-o-Peso, tradicional de Belém, no Pará, e o mais antigo das Américas. O público participante vai conhecer ervas aromáticas e iguarias com ingredientes tradicionais do mercado, como jambu, tucupi, bacuri e cupuaçu, além de ouvir canções e contos fabulosos da floresta. Com o Núcleo Pé de Zamba.

27/10, sexta, das 16h às 18h. Espaço de Tecnologia e Artes.

Inscrições On-line* a partir de 09/10.

SESC GUARULHOS

bate-papo

Chá da tarde com Heloisa Bacellar

Conversa descontraída sobre comida e afetividade, com degustação de um delicioso chá com bolo de fubá. Enquanto provam o quitute, os participantes trocam memórias e experiências sobre o ato de cozinhar como gesto de afeto. Com a chef Heloisa Bacelar.

28/10, sábado, das 15h30 às 17h. Centro de Educação Ambiental. 

Retirada de ingressos com 30 minutos de antecedência.

SESC INTERLAGOS

oficina

Caiu farinha no pé, dançou!

Saborosas oficinas culinárias, com mão na massa, que ensinam a preparar pães para ativar e criar memórias afetivas.

Pão da roça

Com a Equipe Comedoria Sesc Interlagos.

19/10, quinta, das 13h30 às 16h. Café Campestre.

Retirada de ingressos com 30 minutos de antecedência.

Pão de fermentação natural

Com o jornalista Luiz Américo Camargo.

21/10, sábado, das 14h às 15h30. Espaço Raiz. 

Retirada de ingressos com 30 minutos de antecedência.

Barbari, pão tradicional iraniano

Com o chef Fred Caffarena.

29/10, domingo, das 11h às 12h30. Viveiro. 

Retirada de ingressos com 30 minutos de antecedência.

SESC IPIRANGA

bate-papo 

Os alimentos e as artes 

As artes com alimentos, os alimentos como arte. Esta roda de conversa discute sobre o limiar entre estética, conteúdo, materiais, consumo, efemeridades e as discussões do cotidiano e do contemporâneo – das artes visuais à gastronomia. Com a artista e gastrônoma Nati Canto e o produtor em cultura alimentar Felipe Ribenboim.

22/10, domingo, das 15h às 17h. 

Convivência. 

Sem retirada de ingressos. Acessibilidade: libras. 

bate-papo

Os alimentos e a socio biodiversidade

O produtor em cultura alimentar Felipe Ribenboim, que coordena outras três atividades na unidade, comanda um encontro com o ecólogo Jerônimo Villas Boas. Na roda de conversaserão abordados temas como a formação de cadeias do alimento, o fomento à sustentabilidade e a preservação de espécies.

28/10, sábado, das 15h às 17h. Convivência.

Sem retirada de ingressos. Acessibilidade: libras. 

bate-papo 

Os alimentos e a história da cozinha afrodiaspórica 

Uma conversa com pesquisadores e pensadores em cultura alimentar em que são abordadas as relações dos alimentos com a cultura e a história do Brasil, com ênfase nas tradições e culturas africanas que constituem a base de formação de nossa cozinha. Com a pesquisadora Patty Durães e o produtor em cultura alimentar Felipe Ribenboim.

29/10, domingo, das 15h às 17h.

Convivência.

Sem retirada de ingressos. Acessibilidade: libras. 

SESC ITAQUERA

vivência

Alimentação acessível e saudável na quebrada

Esta vivência oferece um saboroso bate-papo sobre alimentação em diferentes camadas da sociedade, cultura popular e receitas acessíveis para escolhas alimentares diversas, com foco no que está presente no cotidiano comum. Os participantes acompanham a preparação de uma receita com o que habitualmente se tem em casa, seguida de degustação. Com Eduardo dos Santos, do Vegano Periférico.

21/10, sábado, das 14h às 16h. Sala de Convenções. 

Retirada de ingressos com 30 minutos de antecedência.

vivência

Explorando os sentidos: sabores do Brasil

A partir de ingredientes da cultura e da culinária brasileiras, os participantes são convidados a explorar os cinco sentidos durante o ato de se alimentar, estimulando, assim, a (re)descoberta da relação pessoal com o gosto dos alimentos regionais por meio de uma degustação. Com a educadora e gastrônoma Gabriela Brucoli e o educador e filósofo Helio Hintze.

29/10, domingo, das 14h30 às 16h30. Sala de Convenções 2 – Maior.

Sem retirada de ingressos.

SESC MOGI DAS CRUZES

oficina

Cambuci na culinária: molho, suco e mousse

Fruta nativa da Mata Atlântica, o cambuci já entrou na lista de espécies ameaçadas de extinção. Hoje, há o incentivo de seu plantio como forma de reflorestamento e o uso dessa fruta na gastronomia local/regional com pratos típicos. Nesta oficina, o público aprende receitas com cambuci. Com as produtoras rurais Izaura dos Santos de Campos e Maria Aparecida de Faria.

28/10, sábado, das 14h às 16h. Centro de Educação Ambiental (CEA). 

Retirada de ingressos na Central de Atendimento com 1 hora de antecedência.

SESC OSASCO

oficina

Experimenta! Doces crus e bárbaros

No preparo de doces crus, rápidos, práticos, elaborados com ingredientes acessíveis e com uso de sementes germinadas, os participantes aprendem a germinar sementes, adoçar os preparos de maneira natural e desidratar alimentos, criando receitas a partir de frutas e sabores presentes na Mata Atlântica.

Com a jornalista e cozinheira Úrsula Ferro.

18/10, quarta, das 14h30 às 16h30. Atividade externa.

ANOSCAR – Associação Comunitária Nossa Senhora do Carmo – Rua Luiz Antônio de Arruda, 55, Vila Yara.

Sem retirada de ingressos.

25/10, quarta, das 14h30 às 16h30. Atividade externa.

Centro Social Carisma – Rua São Bento, 273, Jd. São Pedro.

Sem retirada de ingressos.

SESC PINHEIROS

oficina

Saberes e sabores de África

Bate-papos sobre a culinária africana, histórias de vida, cultura e fazeres culinários, com experiência de degustação de comidas típicas.

Com a chef Sylvie Mutiene. 

20/10, sexta, das 19h às 20h30. Sala de oficinas (2º andar). 

Retirada de ingressos com 30 minutos de antecedência. 

Com o chef Pitchou Luambo. 

21 e 22/10, sábado e domingo, das 14h às 15h30. Sala de oficinas (2º andar). 

Retirada de ingressos com 30 minutos de antecedência.

Com a chef Ruth Ebaku. 

27/10, sexta, das 19h às 20h30. Sala de oficinas (2º andar).

Retirada de ingressos com 30 minutos de antecedência.

SESC POMPEIA

bate-papo

O alimento como agente transformador social, econômico e cultural

Os quilombos foram espaços de resistência ao regime escravista e de preservação dos costumes dos africanos, forçados a deixar seus continentes para viver como escravizados no Brasil. Neste bate-papo, é debatido como a alimentação pode ser um potente agente transformador para as comunidades negras e quilombolas. 

Com o chef Edson Leite, da Gastronomia Periférica.

17/10, terça, das 20h às 21h30. Comedoria.

Sem retirada de ingressos.

SESC SANTANA

feira

Experimenta: feira e trabalhos de coletivos da ZN

Venda da produção da horta do Prato Verde Sustentável e roda de conversa sobre o trabalho de coletivos de agroecologia da Zona Norte. Com o tecnólogo em gestão ambiental Wagner Ramalho, do Prato Verde Sustentável, e a historiadora Day Moreira, da Casa Cultural Hip Hop Jaçanã.

28 e 29/10, sábado e domingo, das 11h às 15h. Quiosque.

Sem retirada de ingressos.

SESC SANTO AMARO

oficina

Pancs – Plantas alimentícias não convencionais

Os participantes aprendem como identificar as Pancs, onde encontrá-las, suas propriedades nutricionais e medicinais e recebem dicas de cultivo, colheita, secagem, preparo e receitas. Com degustação de folhas in natura e receitas com esses ingredientes. Com os biólogos Andréia Pimentel e André de Marco, do Canto da Horta.

20/10, sexta, das 11h às 14h. Foyer.

Sem retirada de ingressos.

SESC SANTO ANDRÉ

bate-papo

Turismo agroecológico

O projeto Acolhendo em Parelheiros trabalha o agroturismo comunitário com agricultores orgânicos e agroecológicos da Zona Sul de São Paulo. Neste bate-papo, os participantes comentam sobre a implementação do projeto e os impactos positivos para os agricultores na região. Com o agricultor Eduardo Faria, o historiador Ederon Marques e o IBEAC, Instituto Brasileiro de Estudos e Apoio Comunitário.

21/10, sábado, das 10h30 às 11h30. Área de Convivência.

Sem retirada de ingressos. Acessibilidade: libras.

oficina

Culinária afetiva

Thales Alves conversa com o público sobre sua trajetória na alta gastronomia, suas origens e vivências enquanto homem preto e trans. Durante o bate-papo com o público, o profissional apresentará o passo a passo de uma receita especial, que o público poderá experimentar. Com o chef Thales Alves.

28/10, sábado, das 14h às 15h30. Área de Convivência.

Sem retirada de ingressos.

SESC SÃO CAETANO

bate-papo

Mais que prosa

Nesta atividade, público e chef conversam sobre o uso das Pancs (plantas alimentícias não convencionais) na elaboração de pratos. Esses vegetais ajudam a diversificar os sabores e simbolizam uma alimentação saudável e acessível.

Com o chef Léo Esteves.

18/10, quarta, das 15h30 às 17h. Convivência.

Inscrições On-Line*

SESC VILA MARIANA

oficina

Milho e uma possibilidades

Por meio de uma experiência lúdica, prática e interdisciplinar, esta oficina estabelece conexões entre crianças, alimentos, cultura e história. Os participantes são estimulados a (re)conectar-se com um ingrediente, o milho, considerando sua produção e usos integrais, valorizando saberes e técnicas. Com os sabugos, os pequenos criam brinquedos. Com o grupo Comer História.

17 e 24/10, terça, das 19h às 20h30. Praça de Eventos.

Sem retirada de ingressos.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.