Saúde amplia campanha de vacinação contra gripe para novos grupos prioritários

0
168

Imunização acontece nas UBSs das 7h às 19h e nas AMAs/UBSs Integradas até as 22h


Desde segunda-feira, 1º de abril, a campanha de vacinação contra influenza, o vírus causador da gripe, foi ampliada para novos grupos prioritários. A imunização acontece nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), das 7h às 19h, e nas Assistências Médicas Ambulatoriais (AMAs)/UBSs Integradas, que seguem em horário estendido, até as 22h.

A imunização passou a contemplar os seguintes grupos: trabalhadores da saúde; professores do ensino básico a superior; profissionais das forças de segurança e salvamento; profissionais das Forças Armadas; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário para passageiros urbano e de longo curso; trabalhadores portuários; população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativa.

Desde o último dia 22, quando a campanha teve início, já vinham sendo vacinados crianças de 6 meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias); gestantes; mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias (puérperas); indivíduos com 60 anos ou mais; povos indígenas e comunidades tradicionais quilombolas; população em situação de rua; pessoas com deficiência permanente e pessoas portadoras de doenças crônicas (comorbidades) e imunossuprimidos.

No total, já foram aplicadas 248.847 doses da vacina. Destas, 188.228 em pessoas com mais de 60 anos. A estimativa populacional para a campanha de 2024 é de 4,5 milhões de pessoas, com 90% do público vacinado. Em 2023, foram aplicadas mais de 4 milhões de doses de influenza. Já a cobertura entre os grupos prioritários chegou a 52,19%.

Prevenção
O contágio da gripe ocorre por meio das secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. O vírus também é transmitido da forma indireta, pelas mãos que podem levar o agente infeccioso direto à boca, olhos e nariz, após contato com superfícies recém contaminadas por secreções respiratórias. Medidas simples como lavagem frequente das mãos, uso de máscaras, cobrir a boca e o nariz ao tossir ou espirrar, lenços descartáveis, manter os ambientes arejados, também ajudam na prevenção da gripe.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.