Santo Amaro celebra 469 anos com programação presencial e virtual

0
307

Por causa da pandemia da Covid-19, neste ano o aniversário do bairro acontece também pela internet, com lives. Para participar da programação presencial é necessário fazer inscrição e seguir os protocolos sanitários, como uso de máscara e distanciamento social


Por: Centro Cultural Santo Amaro

A Subprefeitura de Santo Amaro e o Centro Cultural de Santo Amaro informam e convidam para a programação dos 469 anos de Santo Amaro. Desta feita, os festejos incluem e recomendam o uso de máscaras e álcool em gel, coíbem aglomeração, aferem temperatura na chegada e promovem eventos direto para a nuvem. Todos os eventos presenciais observam os cuidados sanitários com acesso e espaços delimitados de acordo com as orientações dos órgãos de saúde.

As ações acontecem de 15 a 31 de janeiro em espaços diferentes. Confira:

● Dia 15, às 9h | O MUNDO EM SANTO AMARO. A Subprefeitura de Santo Amaro é anfitriã de representações diplomáticas de colônias internacionais com atuação e presença nos distritos de Santo Amaro. [EVENTO NÃO CONFIRMADO].

● Dia 15, às 12h | TRADICIONAL MISSA DE ANIVERSÁRIO DO BAIRRO, na Catedral de Santo Amaro. Agendada pelo CETRASA e celebrada pelo Bispo Diocesano Dom José Negri.

● Dia 15, às 15h | NOS SEUS 469 ANOS, SANTO AMARO VESTE ROUPA DE FESTA E CELEBRA NA NUVEM! Live organizada pela Subprefeitura de Santo Amaro, gravada no Teatro Leopoldo Froes (no Centro Cultural Santo Amaro) e transmitida pelo Youtube da Subprefeitura e Facebook do Centro Cultural Santo Amaro. A live reunirá representantes da sociedade civil; setores de empreendimento; comunidade acadêmica; instituições de preservação, valorização e propulsão das melhorias e tradições; e personalidades históricas do bairro-planeta. Participação do Duo de violinos da Orquestra Filarmônica de Santo Amaro (OFISA). Apoio: PROLIVE, PIO PRODUTORA e CIESP-Sul.

● Dia 15, às 19h | 6ª EDIÇÃO DO PRÊMIO DESENVOLVIMENTO DA REVISTA IDEIAS DA SUL. No auditório do CETRASA (Av. Alceu Maynardi). Acesso limitado e com reservas pelo email: [email protected]

● Dia 17, às 15h | SANTO AMARO CLÁSSICO. Live gravada no Teatro Leopoldo Froes e transmitida pelo Facebook do Centro Cultural Santo Amaro. A dança, a música e o teatro em suas expressões do clássico ao erudito apresentado por artistas e cias de Sto. Amaro e Zona Sul. Participação do Duo de Clarinetes da OFISA, Cia. Ballet de Cegos da Associação Fernanda Bianchini e Cia. Paidéia de Teatro. Acesso e assentos delimitados para 35 pessoas que confirmarem presença até dia 15/1 pelo email: [email protected]

● Dia 19, às 19h | ABERTURA DA MOSTRA: RETRATOS DE SANTO AMARO. Destacados casais e personalidades que inspiram ações criativas e cidadania proativa no bairro-planeta são retratadas em carvão e giz pastel pelo artista Matheus Levi. As legendas dos retratos serão feitas em cordel por Moreira de Acopiara. Na Esplanada de Leitura Ruth Guimarães do Centro Cultural Sto. Amaro. Acesso para 30 pessoas que confirmarem presença até dia 17/1 pelo email: [email protected] | A mostra fica em exposição até o dia 19/2 de terça a domingo das 10h às 17h.

● Dia 23, às 15h | SANTO AMARO SAMBA. Sambistas da velha Guarda de Santo Amaro, como as pastoras da Comunidade Monte Azul e Pedrinho – um dos pioneiros do samba partido alto em Sampa, Vó Suzana. Tocam, contam e cantam as pérolas do Samba Raiz. Com a mediação de Chapinha da Vela. Participação do grupo vocal Parceiros de Santo Amaro. No deck do Centro Cultural Sto. Amaro. Acesso e assentos delimitados para 35 pessoas que confirmarem presença até dia 21/1, pelo email: [email protected]

● Dia 24, às 16h | SANTO AMARO, BAIRRO-PLANETA: MIGRAÇÔES E IMIGRAÇÕES IN CONCERT. Live transmitida pelo Facebook do Centro Cultural Santo Amaro. Repentistas, emboladores de côco, cordelistas dançarinos alemães, músicos japoneses da arte Taikô, dançarinos paraguaios. No Teatro Leopoldo Froes do Centro Cultural Santo Amaro. Apoio: PRO LIVE, PIO PRODUTORA, ABS BONFIM ADVOGADOS. Acesso e assentos delimitados para 34 pessoas que confirmarem presença até o dia 22/1 pelo email: [email protected]

● Dia 30, às 9h | SANTO AMARO VAI DE BIKE. Passeio ciclístico nas principais artérias do eixo histórico cultural de Santo Amaro. Promovido pela TOTAL BIKE. Apoio: Boavista Shopping, Grupo Sul News e Conecta Coworking.

● Dia 30, às 15h | PAULO EIRÓ, O SARAU! Poetas e escritores de Sto. Amaro distribuem-se ao longo da Praça do Teatro Paulo Eiró e revezam-se em verso e prosa na leitura e declamação da obra do poeta-mor do bairro. O sarau tem a produção do HILASA (Instituto de História, Letras e Artes de Sto. Amaro).

● Dia 30, às 17h | SANTO AMARO: OS JOVENS E AS LETRAS. Cocão, a voz do Sarau da Cooperifa, e Thiago, do Slam do Largo 13, falam de suas produções literárias. Live transmitida pelo Facebook do Centro Cultural Santo Amaro.

● Dia 31, às 16h | ROMEIROS, CAVALGADA E 469 BALÕES BRANCOS NOS CÉUS DE SANTO AMARO. Em um inédito encontro, cavaleiros e amazonas – representantes de 10 romarias em Santo Amaro – concentram-se na Praça Francisco Ferreira Lopes em frente ao monumento dos romeiros. Karina Araújo discorre sobre o histórico, panorama e tendências da Romaria. Segue-se uma cavalgada pelo entorno da Praça Marcos Manzini, culminando com performances de berranteiros e versos improvisados sobre Santo Amaro por locutor de rodeios, que também anunciará a soltura de 469 balões brancos aos céus do bairro-planeta. Apoio: Boavista Shopping.

● Dia 31, às 17h | SANTO AMARO DE OURO. Live transmitida do Teatro Leopoldo Froes do Centro Cultural Santo Amaro. As vozes mais referenciais que têm domicílio nos distritos de Santo Amaro, cantam seus eternos hits nacionais: Ângelo Máximo, Cláudio Fontana e Monsieur Gilbert. Acesso e assentos delimitados para um público de 34 pessoas que confirmarem presença até dia 29/01 pelo email: [email protected]


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.