Prefeitura realiza mais de 529 mil acolhimentos durante a Operação Baixas Temperaturas

0
58

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS), registrou 529.998 acolhimentos (uma pessoa pode ter sido acolhida em todos os dias de operação e entrar várias vezes na soma) nos serviços da rede socioassistencial entre 30 de abril e 6 de junho. Nesse período também foram distribuídos mais de 34 mil cobertores às pessoas em situação de rua.

Durante os meses mais frios do ano as abordagens são intensificadas para acolhimento quando as temperaturas chegam a 13° ou menos. A Operação Baixas Temperaturas segue até 30 de setembro. A população em geral pode ajudar as pessoas em situação de rua solicitando uma abordagem social por meio da Central 156 (ligação gratuita).

O serviço funciona 24 horas por dia e o pedido pode ser anônimo. Entretanto, é importante informar o endereço da via em que a pessoa em situação de rua está com número aproximado, citar pontos de referência, além de características físicas e detalhes de como a pessoa a ser abordada está vestida.

Tendas

A Prefeitura já realizou 65.037 atendimentos (uma pessoa pode ter sido atendida em todos os dias de operação e entrar várias vezes na soma) nas 11 tendas instaladas nas regiões Norte, Sul, Leste, Oeste e central para apoio às pessoas em situação de rua. Implementados em 17 de maio, os serviços funcionam das 18h às 0h e, juntos, já distribuíram 155.628 refeições (sopas e bebidas quentes, além de água) e foram aplicadas 2.481 vacinas (Covid-19 e Influenza).

O trabalho realizado na última noite/madrugada pela Coordenação de Pronto Atendimento Social (CPAS) e nas dez tendas resultou no encaminhamento de 375 pessoas para serviços de acolhimento da rede socioassistencial entre a noite de terça-feira (07) e a madrugada desta quarta (08). Além disso, foram distribuídos 1.767 cobertores.

Nas tendas, as equipes da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) são as primeiras a receber os moradores em situação de rua, dando-lhes orientações necessárias e ofertando cobertores. Caso a pessoa tenha interesse em acolhimento, receberá transporte de ida e volta para ser abrigado nos sete Centros Esportivos da capital que, neste momento, dispõem de espaços organizados para este fim.

Quem procura o serviço também é atendido por profissionais da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), por meio das equipes do Consultório na Rua. Após isso, às pessoas em situação de rua são recepcionadas pelas equipes da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, que oferece a todos sopas, bebidas quentes e os kits inverno, que contêm luvas, gorro e meias.

Endereços das tendas

  • ZONA LESTE

Guaianases – Praça Presidente Getúlio Vargas
Itaquera – Rua Gilberto Gomes da Mota (ao lado da Escola de Samba Leandro de Itaquera)

  • ZONA NORTE

Santana – Praça Heróis da FEB
Vila Maria – Praça Novo Mundo

  • ZONA SUL

Santo Amaro – Praça Floriano Peixoto
Capela do Socorro – Praça Escolar

  • ZONA OESTE

Lapa – Praça Miguel Dell’Erba

  • CENTRO

Sé – Praça da Sé
Santa Cecília – Praça Marechal Deodoro
Brás – Praça Padre Bento
Mooca – Praça Cid José da Silva Campanella


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.