Prefeitura leva time de agrônomos e técnicos agrícolas para dar apoio em área rural da Zona Sul

0
4

Equipe de técnicos fornece assistência técnica, com análise de solo, insumos orgânicos e tecnologia para o desenvolvimento de produtores rurais na região de Parelheiros


Projeto Ligue os Pontos, da Prefeitura de São Paulo, levou um time de agrônomos e técnicos agrícolas para Parelheiros, na zona sul da capital, para oferecer apoio técnico aos produtores rurais da região. A ATER – Assistência Técnica e Extensão Rural é uma das iniciativas do projeto, e visa qualificar produtores para aumentar sua produtividade e tornar a agricultura local mais sustentável. 

“Com um atendimento personalizado, que compreende as necessidades de cada produtor e as potencialidades de cada propriedade, a ATER difunde conhecimento e oferece as ferramentas para maior geração de renda com respeito ao meio ambiente”, enfatiza a secretária de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo de São Paulo, Aline Cardoso. 

Além das orientações e acompanhamento dos técnicos, o projeto oferece insumos orgânicos, equipamentos para manejo e diversas tecnologias para melhorar as práticas agrícolas. “O projeto Ligue os Pontos inseriu metodologia de assistência técnica, introduziu um sistema para coleta e análise de dados que embasam os atendimentos individuais aos produtores rurais. Além disso, houve aumento de quase 50% do atendidos para a transição agroecológica, o que significa produzir sem uso de agroquímicos” diz a gestora do Projeto Ligue os Pontos, Nicole Gobeth. 

A ATER também atua para introduzir novas culturas, de acordo com seu potencial econômico e as características da região. O aumento da variedade na fruticultura, em especial das frutas cítricas, é uma dessas estratégias. 

“O que eu sabia sobre agricultura era o que meu pai ensinou, agora com esse apoio estou aprendendo muitas coisas novas”, conta Silvia da Silva. Na propriedade dela, o Sítio Abílio, foram plantadas mudas de laranjeira e limoeiro fornecidas pelo projeto, além de diversas orientações para recuperação e aumento da produtividade de outras árvores frutíferas que já existiam no local, como pereiras e caramboleiras. Silvia também aprendeu a produzir de forma mais saudável e ecológica. “Antes a gente mexia com agrotóxicos, agora é tudo orgânico”, diz a produtora. 

Perto dali, no Sítio Seu Domingos, o produtor Eduardo Faria também elogia o trabalho da ATER. “Trouxe muito conhecimento e, além da assistência técnica, vieram insumos, materiais, análise de solo e outras informações que melhoraram a produtividade e a qualidade dos produtos”, ele conta. Eduardo trabalha com entrega de cestas de alimentos orgânicos, e em sua propriedade aplica diversas técnicas ensinadas pelos agrônomos, como a compostagem. “Com a ajuda deles, eu consegui introduzir o morango, que eu já tinha tentado sem sucesso. Eles orientam desde o preparo do solo até a colheita, é uma assistência bem completa”, comemora. 

O projeto deixa um legado para a cidade e para o território, com unidades demonstrativas de tecnologias adaptadas à agricultura familiar que podem ser replicadas, um programa de expansão de fruticultura e revitalização de pomares antigos. 

Para apoiar esse trabalho de campo, a Prefeitura de São Paulo, através do Projeto Ligue os Pontos, criou o SisRural, uma plataforma digital onde os técnicos podem incluir os dados de cada atendimento, criando um perfil para cada propriedade atendida, e formando um histórico que orienta e otimiza o trabalho. “A assistência técnica antes do projeto era feita por “demanda dos produtores”, não havia metodologia, análise de dados, frequência de atendimentos e continuidade de ações. O SisRural vem de encontro a essa lacuna, e além de estruturar a gestão da ATER e de instrumentalizar os técnicos de linha de frente, o sistema já está sendo replicado para outros estados do Brasil, através de parcerias com a Prefeitura de São Paulo”, diz Nicole Gobeth, gestora do Projeto Ligue os Pontos. 

O SisRural trabalha on-line e off-line, por meio de aplicação web e aplicativo para dispositivos móveis para uso em campo, e o acesso é restrito aos técnicos, protegido por senha, garantindo segurança aos dados pessoais dos produtores atendidos. 


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.