Prefeitura instala Espaço colaborativo para mulheres empreendedoras em Santo Amaro

0
80

Espaço Teia Santo Amaro, com sede no Centro de Cidadania da Mulher, oferece acesso à internet, sala de reunião, oficinas, palestras e mentorias para estimular o networking entre as empreendedoras locais


Mulheres empreendedoras da Zona Sul ganharam um novo local de trabalho colaborativo: o Espaço Teia, com sede no Centro de Cidadania da Mulher (CCM), no Largo 13 de Maio.

O projeto, idealizado pela Adesampa (Agência São Paulo de Desenvolvimento Econômico), em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, oferece acesso à internet, sala de reunião, oficinas, palestras e mentorias para estimular o networking entre as empreendedoras locais.

O CCM Santo Amaro foi escolhido para sediar o Espaço Teia para trabalhar a criatividade e independência financeira das mulheres da Zona Sul. “Eu fui na inauguração do Teia Taipas e pensei que a gente podia fazer um Teia numa unidade de mulheres e logo pensamos em Santo Amaro. A gente pensou em casar o trabalho com mulheres e cidadania”, disse a secretária Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, Berenice Gianella.

Atualmente, o Espaço Teia Santo Amaro oferece o curso Mais Mulheres para empreendedoras que vão receber qualificação técnica para impulsionamento de seus negócios. A gestão do espaço é responsabilidade da Empreende Aí, uma escola de negócios da Zona Sul, que venceu um edital da Prefeitura para desenvolver atividades no local.

“A gente tem uma equipe representando o Empreende Aí aqui no espaço com gestão, assistência e estágio para dar esse suporte nas capacitações e conexões que serão criadas a partir das mobilizações que a gente faz. A ideia é trazer vida pra esse espaço com atividades, programações pra chamar o público pra que venha ocupar o Teia, que é de todos”, disse Jennifer Rodrigues, sócia-fundadora do Empreende Aí.

Além do espaço colaborativo e cursos de formação empreendedora, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho da Prefeitura prepara um microcrédito de R$ 50 mil, através de uma parceria com o Banco do Povo, para quem está iniciando seus negócios.

“A ideia é que todos os postos de atendimento da Adesampa forneçam informação e façam o primeiro atendimento à pessoa que está buscando crédito. Depois, tem agentes de crédito que fazem uma análise e liberam. Não tem burocracia e o custo é muito baixo, a taxa é de 0,35%, se não me engano. Embora seja uma política acessível para todos, o nosso estímulo maior é para populações vulneráveis por questões de gênero, violência, raça; especialmente pessoas que estão empreendendo por necessidade”, explica Aline Cardoso, secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho.

O atendimento para microcrédito começa a partir da segunda semana de dezembro, no Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo do centro de SP e, partir de janeiro ou fevereiro de 2020, na Subprefeitura de Santo Amaro.


FALE COM A REDAÇÃO
Sugestões de pauta, envie email para: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.