Prefeitura estende isenção de rodízio nos carros de profissionais da saúde até o final de 2022

0
793

Apenas 27.383 dos 177.008 profissionais da saúde cadastraram as placas de carros para o benefício até o momento


A Prefeitura de São Paulo havia imposto o fim do rodízio municipal de veículos para profissionais da saúde, como médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, com prazo até o fim de fevereiro.

Mas agora a Prefeitura anuncia que esse prazo para a licença do rodízio se estenderá até o dia 31 de dezembro deste ano. A medida valerá para os residentes da Região Metropolitana de SP que atuem tanto no setor privado, quanto no setor público de saúde. A comprovação dos carros de cada profissional será feito pelos respectivos conselhos.

Para o Prefeito Ricardo Nunes, a medida ajuda no deslocamento desses profissionais, que muitas vezes trabalham em mais de um local. “Reconhecemos todo o trabalho feito durante a pandemia e dessa forma há uma possibilidade de um deslocamento sem interrupções neste momento em que o enfrentamento da Covid-19 exige cuidados especiais”, diz o prefeito.

Segundo o Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren-SP), desde 19 de janeiro, quando foi regularizado a isenção do rodízio, apenas 27.383 dos 177.008 profissionais que atuam na saúde na capital cadastraram as placas de carros para o benefício.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.