Prefeitura entrega 87 novos leitos no Hospital Municipal de Parelheiros

0
124

Com a ampliação, a unidade passa a contar com um total de 254 leitos gerais 


A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) entregou, nesta quarta-feira (13), 87 novos leitos voltados para o atendimento infantil e um aparelho de ressonância magnética no Hospital Municipal (HM) Josanias Castanha Braga, em Parelheiros, na zona sul. Agora, o número total de leitos disponíveis na unidade é de 254.  

Para a ampliação, foram investidos R$ 4,5 milhões. Grande parte dos novos leitos está instalada na ala materno-infantil do hospital, que recebeu 77 leitos, sendo dez de Unidades de Terapia Intensivas (UTIs) neonatais, 47 de maternidade e 20 de cuidados intermediários (berçários).  

O prefeito Ricardo Nunes destacou a qualidade dos equipamentos utilizados nesses leitos e o preparo da equipe multiprofissional para receber os recém-nascidos. “A gente não perde para nenhum hospital privado em questão de equipamentos. Cerca de 7,2 mil crianças nascem por mês nas maternidades municipais. O teste do pezinho aqui em São Paulo, na sua cidade, detecta até 50 doenças e isso é um avanço muito importante para o cuidado das pessoas”, finalizou.    

Os leitos da ala materno-infantil contemplam também mais cinco salas de pré-parto, parto e pós-parto. Além disso, outros dez leitos pediátricos também foram entregues na mesma unidade, completando as 87 novas instalações.    

“Este é um investimento importante para a cidade, que passa a contar com uma nova ala materno-infantil. São investimentos em hospitais, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Unidades Básicas de Saúde (UBSs), que, em seu conjunto, passam a oferecer mais opções à população”, disse o secretário municipal da Saúde, Luiz Carlos Zamarco.   

“Eles acolhem bem, ajudam e auxiliam em tudo o que a gente precisa fazer, passo a passo”, relatou a paciente do hospital, Fabiana Melo, que aguarda a chegada do seu primeiro filho.   

O hospital é gerenciado pela Organização Social de Saúde (OSS) Associação Paulista para Desenvolvimento da Medicina (SPDM) e conta com 1.670 profissionais.  

Atualmente a unidade dispõe de pronto-socorro e é referência no atendimento de casos de urgência e emergência na região sul da capital. Apenas o P.S do hospital realiza cerca de 12 mil atendimentos por mês. Com as recentes ampliações, o hospital terá o custo mensal de aproximadamente R$ 22 milhões.  

Além dos novos leitos, o equipamento também recebeu um aparelho de ressonância magnética, o quarto da cidade. Entre as especialidades, a unidade dispõe também de clínicas médicas, pediátricas e cirúrgicas, além de pediatria, ginecologia, obstetrícia, ortopedia, neurocirurgia e cirurgia vascular.  


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.