Prefeitura de São Paulo ampliará em 30% o número de cooperativas de reciclagem habilitadas na Capital

0
413
Estão abertas as inscrições para credenciamento e incubação de 50 organizações de catadores que atuam na coleta seletiva e triagem de resíduos recicláveis

Estão abertas as inscrições para credenciamento e incubação de 50 organizações de catadores que atuam na coleta seletiva e triagem de resíduos recicláveis


A Prefeitura de está com inscrições abertas para 50 vagas para habilitação e incubação das cooperativas de reciclagem da cidade de São Paulo. A ação é uma iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, por meio do programa SP Coopera, que tem como foco o suporte e impulsionamento do setor na cidade, fortalecendo as cooperativas que atuam na coleta de resíduos recicláveis.

Os processos de habilitação e incubação serão feitos de maneira isolada, pensando em cada tipo de organização que se inscrever. A iniciativa foi anunciada na quinta-feira, 29 de junho, durante a oficina “Diálogos Sobre a Economia Verde: Cooperativismo”, que abordou os desafios da economia circular e do ecossistema do cooperativismo de reciclagem na cidade de São Paulo. O evento, realizado no Centro de Inovação Verde Bruno Covas – Hub Green Sampa, faz parte da Semana Municipal do Cooperativismo, que ocorre até 1º de julho, com o objetivo de debater o tema na cidade, com foco na geração de renda e o desenvolvimento econômico das cooperativas e dos cooperados da Capital.

“O prefeito Ricardo Nunes tem um olhar especial para a questão dos resíduos sólidos e coleta seletiva na cidade. Atualmente a cidade conta com 23 cooperativas habilitadas, que geram renda de cerca de 900 famílias. Com este chamamento conseguiremos entender ainda melhor o setor, para que possamos apoiar os trabalhadores e cooperados de maneira ampla e mais aprimorada, oferecendo para cada cooperativa o serviço e suporte que ela realmente precisa para crescer e se consolidar”, declara a secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso.

Habilitação

O edital, que ficará aberto de 10 de julho até 08 de agosto, tem como objetivo inserir novas cooperativas no sistema Prefeitura de São Paulo, expandindo o número atual de habilitadas de 23 para 30. As entidades cadastradas receberão suporte e apoio em diversos eixos como pagamento de contas e aluguéis, suporte técnico de especialistas da área e compra de equipamentos de proteção individual.

Deste total, 20 cooperativas receberão auxílios para pagamento de aluguel e de despesas com o fornecimento de energia elétrica e água; aquisição de equipamentos de proteção individual – EPI’s, além de acompanhamento, apoio técnico e disponibilização de resíduos recicláveis. Já as outras 10 organizações poderão contar com os mesmos benefícios, com exceção do pagamento de aluguel do espaço de trabalho.

Para participar, as cooperativas precisam preencher uma série de requisitos como estarem situadas na cidade de São Paulo; não possuir fins lucrativos; ser constituídas por maioria de cooperados de baixa renda; ter o número mínimo de sete cooperados, para cooperativas de trabalho, ou 20 membros, no caso de cooperativas tradicionais; ter comprovante de inscrição no Cadastro Municipal Único de Entidades Parceiras do Terceiro Setor – CENTS, ou, no caso de entidades não cadastradas, formulário de solicitação de inscrição no CENTS; contar com esteira ou bancada de separação de resíduos, balança digital e prensa.

As interessadas deverão preencher o plano de trabalho do edital e apresentar os documentos de habilitação até 08 de agosto na sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, na Av. São João – 473, 5º andar, das 10h às 16h. Após a entrega dos documentos, a Comissão de Seleção terá o prazo de 10 dias corridos, contados a partir do encerramento do período de envio da documentação, para análise dos dados apresentados.

Confira o edital completo em www.prefeitura.sp.gov.br/spcoopera

Incubação

Para a incubação de cooperativas serão destinadas 20 vagas. O processo, que ocorrerá por seis meses, tem como foco apoiar e desenvolver cooperativas que ainda não estão em estágio de maturidade para se habilitar perante a Prefeitura de São Paulo e visa promover o desenvolvimento, melhoria do desempenho e sustentabilidade econômica das cooperativas.

A incubação será realizada de outubro de 2023 a março de 2024 e durante o período, os participantes receberão apoio técnico com consultorias, atividades de capacitação e qualificação profissional e integração e cooperação entre cooperativas. Cada cooperativa trabalhará em parceria com um analista que realizará visitas técnicas presenciais uma vez por semana para apoiar, orientar e capacitar a cooperativa neste período.

Para participar do processo os interessados devem residir na cidade de São Paulo, ser uma organização de catadores (formal ou informal), não estar credenciada ao Programa Socioambiental de Coleta Seletiva da Cidade de São Paulo; ter um grupo de membros ativos de no mínimo sete pessoas realizando coletivamente atividades de coleta, separação e comercialização de materiais recicláveis; ser formada por pessoas de baixa renda ou em situação de vulnerabilidade social e ter uma forma de trabalho aderente ao modelo cooperativista.

Poderão também se candidatar para a incubação grupos formais e informais, ou seja, cooperativas, associações, além de grupos de pessoas que trabalhem coletivamente na coleta, triagem e comercialização de materiais recicláveis e que tenham interesse em receber apoio para organizar o trabalho.

Após o período de inscrições, todas as organizações inscritas receberão visitas técnicas da equipe técnica da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho e da FESPSP – Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, instituição parceira do programa SP Coopera, para verificação de dados e levantamento de informações adicionais para o processo de seleção.

As inscrições podem ser feitas neste link.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.