16.4 C
São Paulo
domingo, 26 junho, 2022
Mais

    Prefeitura autua loteamento clandestino em área de mananciais na Zona Sul

    Mais lidas

    Durante a ação, promovida nesta quinta-feira (3) em parceria com o Governo do Estado, proprietários foram autuados e suspeitos responsáveis pelo terreno encaminhados à Delegacia de Meio Ambiente da Polícia Civil


    A Prefeitura de São Paulo, em parceria com o Governo do Estado, realizou, na manhã desta quinta-feira (3), uma ação em áreas de mananciais da Zona Sul da capital, no bairro de Parelheiros. A iniciativa faz parte da Operação Integrada da Defesa das Águas (OIDA), convênio entre o Estado e o Município, que tem como objetivo incrementar ações de proteção, recuperação, desenvolvimento, policiamento, fiscalização, monitoramento das áreas de interesses hídricos e ambientais consideradas estratégicas para a segurança do abastecimento da população, assim como manter as condições climáticas e, especialmente, a preservação do meio ambiente.

    Durante a atividade os proprietários foram autuados e os suspeitos responsáveis pelo loteamento encaminhados à Delegacia de Meio Ambiente da Polícia Civil. Equipamentos e farto material de construção foram apreendidos. Não foram realizadas demolições, por conta de uma decisão liminar do Judiciário. O documento introduziu a expressão “moradia em construção”. Assim, as moradias inabitadas no loteamento clandestino não foram destruídas.

    Represas Billings e Guarapiranga

    Durante o ano de 2021, a Operação Integrada da Defesa das Águas realizou oito operações nas áreas de mananciais das represas Billings e Guarapiranga, que resultaram na demolição de 166 edificações, cujas áreas embargadas totalizam o equivalente a 72 campos de futebol. O enfrentamento à expansão urbana desordenada, que ameaça os recursos naturais da Zona Sul da capital, tem registrado expressivos resultados de controle territorial, além de preservar mananciais e a própria Mata Atlântica. As operações da OIDA continuarão no ano de 2022, cumprindo a missão de assegurar um meio ambiente seguro para as atuais e futuras gerações.

    O grupo executivo da Operação Integrada da Defesa das Águas é dirigido pelo secretário Antônio Fernando Pinheiro Pedro, da Secretaria Executiva de Mudanças Climáticas, e o Coronel PM Paulo Augusto Motooka, da Polícia Militar Ambiental.


    SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

    Leia mais

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    - Patrocinado -

    Últimas