Prefeitura apresenta regras para uso de patinetes elétricos em São Paulo

0
454

Agora, os usuários não podem utilizar patinetes sem capacetes e não podem circular pelas calçadas

 

A Prefeitura apresentou, na última terça-feira (13), as regras para empresas e usuários de patinetes elétricos, novo modal disponível na cidade de São Paulo e que está sendo muito usado em grandes avenidas.
Segundo a Prefeitura, “trata-se de uma proposta de organização da micromobilidade, para auxiliar o desenvolvimento da regulamentação definitiva para o setor”.
Entre as principais regras, que serão implementadas em 15 dias:
– os usuários são proibidos de circular pelas calçadas, apenas em ciclovias/ciclorrotas e ruas com velocidade máxima de 40 km/h;
– é obrigatório o uso de capacete, que deve ser fornecido pelas empresas de aluguel dos patinetes;
– a velocidade máxima deve ser de 20 km/h;
– o patinete é de uso individual.
Além disso, as empresas devem fazer campanhas educativas e possuir seguro para danos e acidentes com os usuários. No caso de descumprimento das normas, a multa varia de R$ 100 a R$ 20 mil.
A fiscalização será feita por agentes das Subprefeituras e da CET, além da Guarda Civil Metropolitana. A regulamentação definitiva das regras será feita em 90 dias.

 

ROUBOS EM CICLOVIAS
Neste mês, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) revelou que a ciclovia da Av. Faria Lima registrou um aumento de 76% nos casos de roubos. A ciclovia, que é muito usada por quem trabalha e vive na região, não é frequentada apenas por ciclistas, mas agora também por quem utiliza o patinetes elétricos.
De acordo com a SSP, foram 401 boletins de ocorrência em 2018, contra 228 em 2017, para casos de roubos e furtos registrados nas 14º DP Pinheiros e 15º DP Itaim Bibi. A região passou a ser monitorada por agentes da GCM, que fazem patrulhamento de patinete.
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.