Prefeitura abre inscrições para festival de carnaval online

0
26

O “Festival Tô Me Guardando” terá apresentações e vivências artísticas virtuais e gratuitas, com transmissão nas redes sociais de 12 a 28 de fevereiro. O feriado prolongado de Carnaval foi cancelado em todo o Estado para evitar aglomerações e propagação do novo coronavírus


A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, anuncia uma chamada inédita para os blocos e agentes culturais do Carnaval da cidade. É o Festival Tô Me Guardando, que terá apresentações e vivências artísticas virtuais e gratuitas, com transmissão nas redes sociais. O Festival, cujo nome faz alusão à música “Quando o Carnaval Chegar”, de Chico Buarque, começa no feriado de Carnaval, 12 de fevereiro, e vai até o dia 28 de fevereiro.

As inscrições seguem até o dia 4 de fevereiro e vão contemplar 100 blocos carnavalescos e 200 encontros de vivências relacionadas ao Carnaval. Os cachês previstos pelo edital são de R$3 mil e R$1 mil, respectivamente.

O objetivo é fomentar as atividades dos blocos do Carnaval de Rua de São Paulo, mesmo com a necessidade de isolamento social. As apresentações do Tô Me Guardando 2021 vão acontecer no ambiente online, no mês do Carnaval, fortalecendo a cultura dos blocos de rua e reconhecendo o seu valor para a cidade.

Podem se inscrever pessoas jurídicas, MEIs e Cooperativas que tenham comprovada experiência no Carnaval de Rua da cidade. As inscrições devem ser realizadas pelo link: bit.ly/ToMeGuardando. Entre os documentos necessários para a inscrição estão um breve histórico, currículo e portfólio do líder do bloco e classificação indicativa.

Os escolhidos serão selecionados por meio de uma avaliação objetiva das propostas, seguindo um esquema de pontos que privilegia blocos na periferia da cidade, envolvimento com ações sociais e tempo de atividades das agremiações.

O Carnaval de Rua de 2021 foi adiado e ainda não existe previsão se ele poderá ser realizado, pois isso depende das determinações das autoridades de Saúde.

“Por um lado, lamentamos muito o fato de não podermos realizar o Carnaval de Rua da cidade de São Paulo com a potência que ele já demonstrou. Por outro lado, é um momento de responsabilidade com a vida, de responsabilidade com as instituições da saúde. Por isso estamos fazendo um festival que vai contribuir de alguma forma para mitigar os impactos da pandemia, tanto na alegria e na possibilidade de os blocos desenvolverem atividades, como também para preparar a cidade para a volta do Carnaval de Rua”, disse o secretário municipal de Cultura, Alê Youssef.

Cada bloco será responsável pela produção e transmissão de suas apresentações. Todas as apresentações serão realizadas e transmitidas nas redes sociais dos proponentes, de forma gratuita, e terão divulgação dos links pela Secretaria Municipal de Cultura.

O canal de comunicação direto com a Secretaria Municipal de Cultura para informações e dúvidas sobre edital é o e-mail [email protected]

Veja o edital no link: https://cutt.ly/vj5XC0k

Inscreva-se no link: https://cutt.ly/uj5XMMs

GOVERNO DE SP CANCELA FERIADO DE CARNAVAL

O Governador João Doria anunciou nesta sexta-feira (29) que o Governo de São Paulo, assim como a Prefeitura da capital, decidiu não conceder ponto facultativo nos dias de Carnaval para todo o estado. A decisão segue recomendação do Centro de Contingência do Coronavírus.

“Não haverá o feriado de Carnaval este ano. Esta é a recomendação do Centro de Contingência, de 20 médicos, cientistas e especialistas, para com isso manter sob controle a expansão da pandemia”, disse Doria.

O feriado está suspenso nas repartições e serviços públicos, que vão ter expediente regular nos dias 15, 16 e 17 de fevereiro. O objetivo é impedir aglomerações comuns em festejos de Carnaval, bem como evitar a circulação de pessoas e proteger vidas em um momento em que casos e óbitos por COVID-19 crescem em todo o estado.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.