Prefeito Ricardo Nunes visita nova UBS Santa Cruz capaz de realizar 2000 consultas por mês

0
1

Com a inaurugação neste mês, São Paulo agora conta com 469 OBSs espalhados pela cidade


A população da Vila Mariana passou a contar desde o início deste mês com a Unidade Básica de Saúda (UBS) Santa Cruz, na rua Santa Cruz, 1.191. O Prefeito Ricardo Nunes visitou na manhã desta segunda-feira (18), o local que anteriormente abrigava um Núcleo de Gestão Assistencial (NGA).

Segundo o prefeito, esse novo equipamento é uma reivindicação da população local que poderá realizar mais de 2 mil consultas por mês. “É a nossa UBS número 469, um serviço bem equipado e preparado com uma equipe muito comprometida”, afirmou.

A UBS Santa Cruz é uma unidade mista, com modalidade de atendimento tradicional, composta por clínica médica, pedriática e ginecológica, além de Estratégia Saúde da Família (ESF), com médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e agentes comunitários de saúde, que realizam visitas domiciliares. A UBS também conta com nutricionista, psicólogo, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, farmacêuticos, entre outros. Serão 63 profissionais ao todo.

O equipamento tem capacidade para realizar mais de duas mil consultas por mês, além de oferecer serviços de exames laboratoriais, farmácia, vacinação, testagem rápida, acolhimento, procedimentos diversos como curativos, retirada de pontos, coleta de Papanicolau, implantação de dispositivo intrateurino (DIU), além de encaminhamentos para atenção especializada e visitas domiciliares.

A unidade é gerenciada pela Organização Social da Saúde (OSS) Associação Paulista para o Desenvolvimento de Medicina (SPDM) e deerá atender cerca de 130 mil pessoas da regição sudeste.

A UBS também manterá o atendimento nas áreas de clínica médica, e ginecologista, além de outras especialistas como enfermagem, psicologia e serviço social, a 800 pacientes que era acompanhados pelo NGA que funcionava no local. Para a área de pneumologia, os pacientes menores de 60 anos de idade passarão a ser assistidos pela Assistência Médica Ambulatorial (AMA) Flávio Gianotti, no Ipiranga, e os maiores de 60 anos no Ambulatório Médico de Especialidades (AME) Idoso Sudeste, sob gestão do Governo do Estado.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, o público que frequentava o núcleo, que também sediava um AME, tem disso avisado da alteração do equipamento desde o dia 1º de setembro. A cessão do préio e adequação dos fluxos foram pactuadas entre as gestões estadual e municipal em Comissão Intergestores Bipartite (CIB).


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.