Praça Tuney Arantes é revitalizado por skatistas e espaço pode virar homenagem a skatista local

1
2686

Arthur Dias (Ituri) foi um skatista prodígio da região e frequentadores da praça querem imortalizar seu nome


Um veículo de comunicação, como a Gazeta de Santo Amaro, tem o importante papel de dar voz às demandas do bairro, de forma a atender os munícipes locais, além disso, é também papel do jornal propagar histórias que acontecem pelas esquinas e praças, com a importante missão de mandar a mensagem e fazer o bem ao próximo.

É com esse foco que o Grupo Sul News foi até a Praça Tuney Arantes, popularmente conhecida como ‘Ituriplaza’ (@ituriplaza), por todos os skatistas que adotaram a praça como sua segunda casa.

“Conheço essa praça praticamente a minha vida inteira. Antes aqui tinha um mini ramp [modelo de rampa de skate] e não existia nada do que tem hoje, era uma quadra inabitável e o que mais se encontrava na praça eram usuários de droga”, explicou Bruno Lopes, vulgo Rua.

E uma praça, que não tinha nenhum tipo de cuidado por nenhum possível órgão responsável ganhou uma grande história, com novas pessoas, que se preocupam com o espaço e fazem dela seu lar.

E esse primeiro passo veio de uma história inesperada de João Victor Yumoto, do coletivo RUATIVA. “Em outro bairro, na São Pedro, a gente construiu obstáculos e o pessoal do futebol quebrava tudo, era dinheiro jogado fora. Na real falar de obstáculos aqui era uma piada. Até que do nada apareceu um corrimão usado num dos campeonatos mais prestigiados do mundo, a Street League, e aí a gente pensava ‘vamos andar de skate onde Nyjah Huston mandou manobra, maior ‘da hora’”, relembra Bruno.

No início eram obstáculos improvisados, sem nenhum tipo de mão de obra na Ituri Plaza

João, da RUATIVA (@ruativa), conta que assistiu ao campeonato que aconteceu no Sambódromo do Anhembi, e revelou sua aventura para trazer o corrimão para seu quintal. “Conheci o Daniel Oristanio, de uma empresa dos EUA, mas brasileiro que fazia lá [a construção do espaço], eu e meu parceiro Ricardo ficamos ‘brisando’ nos obstáculos, até que ele mencionou que a única coisa que daria pra pegar seria o corrimão”, explicou e completou: “Peguei uma carretinha com um amigo meu e fomos até o o Sambodromo, na Zona Norte, e trouxe para Santo Amaro!

Tudo isso antes da pandemia, no ano de 2019, tudo o que a gente precisava era de um chão liso, e a pandemia até deu um gás e começou esse movimento todo”, relembra João.

Mas porque “Ituriplaza” é o nome popular da Praça Tuney Arantes? “Ituri era apelido do Arthur Dias. Ele foi um p*ta amigo meu. Ainda é, eu converso com ele mentalmente”, relembra Matheus Flores.

Arthur fazendo aquilo que mais amava, andar de skate, e o menino foi um prodígio!

Arthur foi considerado um menino prodígio do skate na região, todos o admiravam, a ponto de conseguir apoios de marcas nacionais e internacionais para participar de eventos. Infelizmente, sua vida foi tirada na madrugada de 24 para 25 de maio de 2021. Hoje a praça se encontra com teor de abandono e está sendo revitalizada com o apoio dos skatistas, e quem lidera essa frente e deseja tornar a praça um importante memória viva de Arthur, é sua mãe, Fátima Dias, que todos a amadrinharam de Tia Fátima, que se emocionou ao relembrar do filho!

“O Arthur descobriu o skate com 11 anos quando me pediu para comprar um. Questionei porque ele não andava e ninguém da família andava. Mas foi a partir daí que ele descobriu o seu esporte preferido, conta Tia Fátima.

“O pessoal fala que chegou a hora e tal. Mas foi um ser humano que tirou a vida do Arthur, e pra não ficar sofrendo, Deus o levou. A partir daí me juntei com os meninos, que são minha extensão. Sem palavras. Foi uma perca muito grande e muito triste”, completa.

Para Matheus Flores, a promessa de Arthur de ser o padrinho da filha de Matheus com a prima dele, a Vitória, ainda está sendo cumprida em espírito! “Ele foi o primeiro a saber, depois contei pro Bruno [Rua], e que na época nós três sempre ‘corria’ juntos. Ele deu esse suporte. A Tia Fátima abraçou como madrinha e essa é a maior conexão que tenho com ele, disse Matheus.

Ituri, como era conhecido, adorava pagode, além de sambar sobre um skate com muita maestria

Um menino dedicado, que vinha, literalmente, estudar na praça, com aulas de inglês, e de skate! gostava de Shane O’neill, Paul Rodriguez, Eric Koston, além de se aventurar nos livros sobre finanças, como Thiago Nigro.

O nome da praça a gente colocou de Arthur Dias, em homenagem a ele”, disse Matheus Flores, e que o jornalista do Grupo Sul News, Matheus Laube, vai além e pede à Subprefeitura de Santo Amaro, para que a praça seja oficialmente nomeada com o nome da estrela do skate da região.

Além disso, João conta que o RUATIVA passou a vender camisetas e realizar vaquinhas entre o pessoal. “Os obstáculos [instalados na praça] foram todos custeados com essas camisetas e vaquinhas. Feito devagarinho nestes últimos dois anos, fazendo a gente pra gente mesmo”, explicou João. “E a galera que não pôde contribuir com dinheiro, contribuiu com a mão de obra”, completou C.A.

As peitas da RUATIVA são dahora demais, além de tu ficar no estilo, vai contribuir com o crescimento da comunidade na Ituri Plaza!
Veja como foi a construção da Ituri Plaza registrada pela revista 100% Skate!

Como dito, as obras são feitas pelo público que frequenta rotineiramente a praça, mas mesmo assim ela continua em estado de abandono. A mata não é cortada há tempos, os equipamentos de ginástica e parquinho infantil está ultrapassado e enferrujado, além de ter a saída do Colégio Santa Maria na praça e faltar uma grade que separa as crianças do córrego aberto, que contém diversos entulhos e até colchão abandonado.

Questionados sobre o que gostariam de pedir para Prefeitura e Subprefeitura, Diogo disse que “uma infraestrutura melhor a praça, poque não é só a galera do skate, vem pessoas fazer caminhadas com cachorros, vale lembrar que é um local para todos, então precisa de uma reforma em geral”, já o João completou que “cada pessoa tem um lugar e cada lugar tem um jeito. Então é só ter um pouco mais de vontade de querer fazer. Se é pra gastar, que faça um negócio direito, procurar um profissional e estudar o que fazer.”

Equipamentos de ginásitca se encontram em estado de abandono e enferrujados
Córrego se encontra sem proteção nenhuma na saída de uma escola na região onde passam diversas crianças

Durante o bate papo, o grupo comentou que as obras de skate por São Paulo melhoraram dos últimos anos pra cá, no sentido de que fazia obras desse porte com empresas que não eram especializadas em skate e que na prática, os skatistas desaprovavam as obras. Hoje em dia teve uma evolução muito grande e está havendo uma participação maior desses profissionais”, disse Diogo.

Tia Fátima ainda revelou que o caso com o indivíduo que tirou a vida de seu filho está na justiça e que a advogada está lutando para que ele pague, não só pelo homicídio em cadeia, como também uma indenização para ele sentir o peso que é perder algo de valor. “Ele foi preso em Angra dos Reis pela Polícia Civil do Rio de Janeiro. Eu não quero um tostão desse cara. Tudo o que minha advogada conseguir arrancar dele eu vou doar tudo para o skate, para a praça, pro esporte. Para as crianças que aqui frequentam, quero mesmo é cuidar da praça.”

Ela faz parte de uma ONG chamada Sol Elas (@sol.elas), ao qual durante o bate papo revelou o grande desejo de participar do Programa Adote uma Praça, da Prefeitura de SP, que tem a finlidade de uma empresa cuidar de uma área pública, como a Praça Arthur Dias, que para ela, o local de maiores lembranças do filho é extremamente importante que seja cuidado, não só pelos órgãos públicos, mas por ela mesma! #IturiVive!

Tia Fàtima (de cinza) fazendo a alegria de famílias através da sua ONG Sol Elas
Nenhum amor no mundo é maior do que o amor da mãe. Que a praça seja revitalizada em nome desse eterno amor da mãe Fátima com seu filho Arthur Dias

SIGA NO INSTAGRAM

RUATIVA@ruativa

ONG SOL ELAS@sol.elas

PRAÇA ITURI PLAZA@ituriplaza


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

1 COMENTÁRIO

  1. Parabéns pela matéria Matheus!

    Precisamos de nos conscientizar de que a VIDA Deus nos deu e nenhum ser humano tem o direto de tirar.

    Minha missão é seguir o que o Arthur (filho) deixou ..
    Ele era um garoto que falava EU TE AMO, era um garoto de sorriso largo e encantador, era um garoto amigo, parceiro, inteligente demais e até conselheiro ele era, militar que Honra! INSPIRADOR .
    deixou tudo isso e até em escritas….e umas das últimas frases que ele deixou foi.

    “JÁ ENTREGOU O SEU MELHOR HOJE PARA O MUNDO”…AD

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.